Quer trabalhar com tecnologia? Confira 7 cursos para ingressar na área!

trabalhar com tecnologia
Powered by Rock Convert

Trabalhar com tecnologia é uma das ideias de carreira mais promissoras da atualidade. Esse mercado está em constante crescimento desde o início da Transformação Digital, e é possível sentir os impactos do desenvolvimento tecnológico nos mais variados setores.

A boa notícia é que existem diversas opções de cursos que levam o aluno a um lugar mais próximo da carreira nesse ramo. Queremos falar sobre esse assunto neste post. A seguir, confira 7 graduações para quem quer trabalhar com tecnologia!

1. Análise e Desenvolvimento de Sistemas

O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é uma graduação tecnológica de duração média de 2 anos e meio. Esse tipo de formação é ótimo para quem deseja entrar no mercado de trabalho rapidamente e começar o desenvolvimento de carreira.

O curso oferece conteúdos práticos que ajudam o aluno a desenvolver o senso crítico e a encontrar soluções para problemas encontrados na infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) dentro de empresas dos mais variados portes. Além disso, o profissional termina o Ensino Superior com autonomia para a criação e manutenção de sistemas operacionais, aplicativos e demais programas.

A carreira de analista permite diversos caminhos. O profissional pode trabalhar de forma autônoma, oferecendo os seus serviços de forma terceirizada, como colaborador de uma empresa, integrando equipes de TI ou, até mesmo, fazendo concurso público. A faixa salarial para essa profissão ultrapassa os R$ 5.100,00, oferecendo um bom retorno financeiro.

2. Ciência da Computação

Esse é um dos cursos que aborda a maior parte teórica da área de tecnologia, embora também trabalhe com diversas questões práticas. A graduação em Ciência da Computação ajuda o aluno a compreender as estruturas por trás das ferramentas tecnológicas, a ponto de conseguir produzir mais inovações por meio da lógica de programação.

Essa é uma ótima opção para quem curte a área de exatas. Afinal, durante os 4 anos de curso, são vistas diversas disciplinas relacionadas à lógica matemática e cálculo numérico. Tudo isso para que o aluno consiga desenvolver habilidades para criar e implementar sistemas para os mais diversos propósitos.

O mercado de trabalho para um cientista da computação é muito convidativo, oferecendo oportunidades variadas. Além disso, é possível seguir carreira acadêmica nessa área. Não é à toa que essa é uma das profissões mais bem pagas ultimamente, com salários atingindo os R$ 11.000,00 — podendo ser ainda maiores, de acordo com a especialização e o cargo do profissional.

3. Jogos Digitais

Se você quer trabalhar com tecnologia porque gosta do universo dos games, então a graduação em Jogos Digitais tem de tudo para chamar a sua atenção. Esse tecnólogo de duração média de 2 anos promove diversos conhecimentos para a criação de jogos para todos os tipos de plataforma, desde celulares até consoles.

O profissional desse ramo também pode atuar na criação de simuladores de realidade, que têm sido implementados em diversos campos, principalmente os que envolvem treinamento e instrução, como autoescolas, cirurgias, cursos para pilotos de avião, entre outros.

Durante o curso, são vistos conteúdos que estimulam a criação de roteiros, cenários e personagens, definição de estilos, estabelecimento de normas, critérios para evoluir os níveis e muitos outros assuntos que envolvem a construção de jogos digitais.

Essa é uma área que está começando a se desenvolver no Brasil. Por conta disso, o salário médio é de R$ 3.700,00. No entanto, a carreira é muito promissora no exterior, sendo possível mudar de país para ir em busca de um maior crescimento profissional.

Powered by Rock Convert

4. Gestão da Tecnologia da Informação

O curso de Gestão da Tecnologia da Informação é uma boa oportunidade para quem gosta de tecnologia mas também tem interesse na área administrativa. Esse tecnólogo une esses 2 eixos, formando um profissional apto para coordenar equipes de TI em 2 anos de graduação, no mínimo.

O profissional de Gestão da Tecnologia da Informação pode atuar em variados setores do mercado, gerenciando os serviços dos sistemas operacionais e definindo o modo de uso dos softwares dentro de uma organização. A média salarial também é muito vantajosa, chegando a quase R$ 4.500,00.

5. Sistemas de Informação

Sistemas de Informação é um bacharelado com duração de 4 anos, com foco na formação de profissionais que gerenciam a circulação dos dados pelas redes de computadores de organizações dos mais diversos portes.

O curso aborda muitas matérias de desenvolvimento de sistemas e de construção de algoritmos, sendo uma alternativa para quem gosta de conteúdos associados à matemática e à tecnologia.

Uma das vantagens dessa carreira é que o profissional formado em Sistemas de Informação é capaz de atuar em diversos cargos relacionados à área de TI, recebendo salário médio acima de R$ 4.500,00.

6. Engenharia de Software

Se você sempre sonhou em se tornar um profissional da Engenharia, mas não sabia escolher uma diante dos vários segmentos dessa profissão, aqui está uma sugestão. A principal atividade do engenheiro de software é a construção e manutenção de programas para vários setores do mercado, inclusive para uso pessoal.

O curso une as disciplinas tradicionais da Engenharia, acrescentando os conteúdos técnicos relacionados à tecnologia. Desse modo, o aluno sai como um profissional completo, conhecendo ferramentas de bases de dados, programação e controle de qualidade.

É possível se formar em Engenharia de Software em 4 anos. Depois disso, o mercado de trabalho apresenta diversas opções de emprego, com salários podendo ultrapassar os R$ 8.000,00.

7. Engenharia da Computação

Além de Engenharia de Software e Ciência da Computação, existe o curso de Engenharia da Computação. Diferentemente da maioria das graduações citadas, essa área foca o desenvolvimento de hardware — parte física das máquinas computacionais.

Por conta disso, a graduação em Engenharia da Computação aborda, além das disciplinas tradicionais de Engenharia, conteúdos voltados para Mecânica, Robótica, Programação, Física e Eletrônica, a fim de ajudar o aluno a desenvolver autonomia na criação de dispositivos eletrônicos.

Engenheiros da computação são bem requisitados no mercado de trabalho, principalmente neste momento em que diversas empresas buscam criar inovações e soluções para o dia a dia da sociedade. Desse modo, a média salarial para essa profissão é de um pouco mais que R$ 6.500,00.

Existem diversas formas de trabalhar com tecnologia. Basta agora escolher a profissão com a qual você mais se identifica e investir em sua carreira. Além disso, procure sempre por uma instituição de ensino comprometida com a qualidade do conteúdo e com o incentivo ao desenvolvimento do aluno.

Quer saber como começar um curso superior na área da tecnologia? Então, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0