Afinal, como funciona a Teoria de Resposta ao Item do Enem?

teoria de resposta ao item

Se você está em fase de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), vale a pena conhecer a Teoria de Resposta ao Item (TRI), o famoso sistema de correção do exame. Trata-se de um método inovador para computar pontos de avaliações: com ele, o foco está nos itens separadamente, e não no total de acertos.

Ter uma ideia de como funciona a TRI é muito útil para adequar sua rotina de estudos e ter um desempenho ainda melhor na prova. Para que você entenda melhor, preparamos este post. Continue a leitura e veja como funciona a TRI!

O que é e quando surgiu a Teoria de Resposta ao Item (TRI)?

A TRI é um método desenvolvido nos anos 1950 por estatísticos e cientistas da computação. Conforme informação no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Enem adota esse sistema de correção desde 2008 como forma de melhorar a avaliação dos candidatos.

Basicamente, a TRI não leva em conta o número total de acertos — como ocorre na chamada Teoria Clássica dos Testes (TCT) —, mas sim a coerência das respostas do candidato durante a prova. Assim, a chance de que alguém tenha uma ótima nota porque foi bom de “chute” cai bastante, o que leva a resultados são mais confiáveis.

Como funciona a TRI e quando é aplicada?

O Enem coloca questões de três níveis de dificuldade fácil, médio e difícil. Os participantes não sabem qual é a classificação de cada questão. Então, a modelagem da TRI consegue avaliar a coerência do candidato: se ele acerta várias questões difíceis, mas não as fáceis, há uma grande probabilidade de que esses acertos tenham sido “chutes”.

Afinal, quem consegue responder a uma questão de maior nível de dificuldade deve acertar, também, as mais fáceis. Assim, um candidato que acertou todas as questões fáceis, algumas médias e nenhuma difícil pode sair com uma pontuação melhor do que aquele que respondeu corretamente às questões difíceis mas não às fáceis, já que a TRI identifica essa inconsistência e reduz a nota.

Powered by Rock Convert

Interessante, não é? Para quem se interessa por esse tipo de coisa, uma dica é conhecer mais sobre os cursos de Ciência da Computação, Estatística e correlatos. Essas são algumas das profissões por trás do desenvolvimento desse método, além de serem áreas promissoras no mercado de modo geral.

Por que entender sobre a TRI ajuda você a garantir boas notas no Enem?

Como você viu, o número de acertos não é proporcional à pontuação final do candidato. O funcionamento da Teoria de Resposta ao Item traz algumas lições importantes para quem está se preparando para o Enem: é melhor apostar no que você sabe, em vez de confiar na sorte.

Se conseguir responder a várias questões difíceis, ótimo! Porém, a dica é deixar as perguntas para as quais tiver mais dificuldade para responder por último, garantindo assim um maior número de acertos consistentes, mesmo que sejam exercícios mais fáceis.

Além disso, se precisar “chutar”, também tente manter a coerência. Normalmente, há alternativas que são claramente erradas, enquanto duas são mais possíveis. Mesmo que você não saiba qual é a resposta certa, marcar uma alternativa que faz mais sentido pode garantir uma pontuação melhor, pois a TRI considerará a coerência por trás do seu palpite.

Para terminar, não se esqueça das dicas clássicas para ter um bom resultado, como descobrir o seu melhor horário para estudar, ter um cronograma com as principais matérias que podem cair no Enem e fazer as provas anteriores. Além disso, é legal participar de um grupo de estudos online para tirar dúvidas e trocar informações com seus colegas.

Gostou de conhecer a Teoria de Resposta ao Item? Como você viu, o Enem privilegia o desempenho do candidato como um todo, em vez de olhar apenas para o número de acertos. Assim, vale mais a pena estudar um pouco de cada tópico do que se desesperar para decorar cada detalhe das matérias.

Se este conteúdo ajudou na sua preparação, não deixe de compartilhar o post nas suas redes sociais e ajudar seus colegas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0