Saiba a diferença entre o diploma EAD e o presencial

A necessidade e a busca por um diploma têm sido cada vez mais crescentes, seja por parte dos jovens recém-saídos do ensino médio, seja por parte de adultos que já estão no mercado de trabalho e precisam de uma graduação para ascenderem em suas carreiras.

No entanto, muitas pessoas têm dificuldades para arcar com as despesas de um curso presencial, uma vez que elas englobam, além da mensalidade, custos com deslocamento, alimentação, moradia (para aqueles que vão estudar em cidades diferentes de onde moram) etc. É por isso que os cursos a distância estão sendo cada vez mais procurados e tendem a superar o número de matrículas em relação aos cursos presenciais.

Mas, existe alguma diferença entre diploma EAD e presencial? Eles têm o mesmo peso no mercado de trabalho? Se você, assim como muita gente, também tem esses questionamentos, continue a leitura e descubra as respostas para essas questões. Vamos lá?

O que diz o MEC sobre os cursos EAD?

De acordo com a nossa legislação, todas as IES (instituições de ensino superior), sejam as com oferta presencial, sejam as com oferta EAD, precisam passar pelo processo de credenciamento, autorização e reconhecimento feito pelo MEC (Ministério da Educação). Entenda melhor, a seguir, como esse processo funciona:

Credenciamento

Para o credenciamento junto ao MEC, as instituições de ensino superior devem, primeiramente, constituir uma mantenedora (pessoa jurídica que assegurará financeiramente a instituição) e, depois, solicitar que ela providencie e entregue todas as documentações exigidas por esse Ministério. É durante esse processo de credenciamento que as instituições são classificadas em faculdades, universidades ou centros universitários.

Autorização

Depois do credenciamento, as IES precisam solicitar ao MEC que autorize seus cursos. Essa autorização é feita por meio de uma avaliação das instalações físicas da instituição, dos recursos didáticos e pedagógicos, da qualidade do corpo docente e administrativo e do desempenho dos estudantes no curso avaliado.

Reconhecimento

Após a autorização, o processo de reconhecimento terá início somente quando a primeira turma do curso autorizado tiver atingido a metade da carga horária estipulada. Isso quer dizer que um curso novo, com duração de 4 anos, por exemplo, só poderá ser reconhecido depois de 2 anos, quando os primeiros alunos tiverem concluído 50% da graduação.

Vale reiterar que esses processos são aplicados igualmente em todas as instituições, tanto de ensino presencial quanto de EAD. Ou seja: para o MEC, o que vale é a qualidade do curso, dos professores e da metodologia de ensino, e não o meio pelo qual o aluno assiste às aulas.

E o diploma?

Diante dos fatos expostos acima, é inegável que os diplomas obtidos em um curso superior a distância têm a mesmíssima validade que aqueles obtidos em cursos presenciais. No entanto, as instituições de ambos os tipos têm autorização para funcionar mesmo não sendo reconhecidas, e isso sim terá um peso negativo no diploma. Por isso, é importante consultar no portal do Ministério da Educação todas as instituições reconhecidas antes de iniciar qualquer curso de graduação.

Como o mercado de trabalho enxerga os cursos EAD?

Você já viu algum currículo que descreve a modalidade na qual o curso de graduação foi concluído? Ou alguém perguntar, em alguma entrevista de emprego, se o curso foi presencial ou a distância? A resposta é provavelmente negativa, não é mesmo? Isso acontece porque, para as empresas e o mercado de trabalho, o que importa é o conhecimento adquirido durante os anos de estudo e a competência desse profissional, e não se ele assistiu às aulas por meio de um computador, tablet etc.

Como visto, os cursos a distância são tão válidos quanto qualquer outro e podem ser a salvação para aqueles que precisam de maior flexibilidade de horários, mas gostariam de ter acesso ilimitado – e na hora que desejarem – às aulas já ministradas. Podem ser boa solução, também, para quem tem menos poder aquisitivo, já que as mensalidades dos cursos presenciais costumam ser mais caras.

E então, conseguiu tirar suas dúvidas sobre diploma EAD e presencial? Se você ainda precisa de algum esclarecimento, entre agora mesmo em contato com a gente que teremos o maior prazer em ajudá-lo!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *