7 dicas para manter um ritmo de estudo sem perder o foco

ritmo de estudo

O aprendizado está presente em vários momentos do nosso dia e se torna mais intenso quando precisamos desenvolver habilidades, fazer uma faculdade, prestar algum concurso ou aprimorar o perfil para assumir um emprego. O que todas essas situações têm em comum é o fato de exigirem um bom ritmo de estudo.

A constância nas revisões e demais exercícios deixa a rotina mais leve e produtiva. Afinal, assim você mantém as ideias frescas para avançar no domínio de diferentes conteúdos. Como resultado, não há necessidade de recuar quando um assunto novo aparece entre os materiais de consulta.

Ficou com vontade de adotar um ritmo eficaz? Confira, abaixo, 7 ações que vão melhorar o seu desempenho de uma vez por todas!

1. Elabore um cronograma

Não tem como escapar: quem precisa de foco sempre vai receber a dica do planejamento das atividades. E não adianta querer dar conta de organizar tudo em pensamento. Isso só trará cansaço e preocupações desnecessárias com o que deve ser feito. O ideal é anotar e organizar os dados em um local que possa ser visto diariamente.

O plano ou cronograma existe justamente para agilizar a identificação dos compromissos marcados em determinado período. Com ele, você vai otimizar a rotina de estudos ao garantir tempo suficiente para todas as matérias. Dá para estruturá-lo tanto em caderno quanto em uma planilha digital, conforme sua preferência.

Esse arquivo deve conter detalhes que ajudem na distribuição das tarefas e no cumprimento de prazos. Isso inclui nome de disciplina, horário de consulta, data de entrega ou de finalização de um ciclo, assuntos prioritários, entre outras características que possam orientar o seu ritmo de estudo.

2. Tenha um ambiente adequado

Já precisou parar o que estava fazendo por conta de um simples desconforto? Tudo bem quando ocorre vez ou outra, mas a repetição pode ser bastante prejudicial ao seu desempenho nos estudos. Um assento ruim, luz insuficiente e até conversas paralelas são exemplos de condições que tiram a nossa concentração.

Se você quer evitar pausas excessivas para lidar com incômodos de todos os tipos, tire um tempo para adequar o ambiente. Escolha móveis confortáveis, deixe os materiais ao alcance, ajuste a iluminação e converse com pessoas próximas para que não interrompam sua rotina em determinados momentos.

Esse preparo é essencial para dar continuidade às tarefas e tirar proveito máximo daqueles instantes em que a energia e a disposição estão nas alturas.

3. Cuide da sua saúde física e mental

Sentimentos negativos afetam nossa capacidade de realizar atividades com maestria. Da mesma forma, um corpo cansado ou adoecido não fornece combustível suficiente para o cumprimento dos afazeres diários. Nessas condições, há uma grande chance de as tarefas serem entregues pela metade ou com baixa qualidade.

Na intenção de seguir um bom ritmo de estudo, você precisa investir em cuidados que beneficiem a saúde física e mental. Com o organismo em equilíbrio, fica mais fácil manter a motivação e até combater emoções de autossabotagem. O bem-estar geral evita o medo excessivo de errar, perder oportunidades ou esquecer conhecimentos importantes.

4. Tome cuidado com as distrações

Sabemos que nem sempre é possível abafar os ruídos da rua ou conciliar rotinas com as pessoas de nosso convívio. Ambos são fatores externos que dificultam o aprendizado por conta do exagero de estímulos. Também não tem como prever quando o clima sofre uma mudança brusca, interferindo na oferta de recursos como luz e internet.

Entenda, porém, que muitas das distrações são facilmente controláveis. Hoje, boa parte do problema se concentra em um item de uso pessoal: o smartphone ou qualquer outro dispositivo com acesso à rede. Se você tem conta em diversas plataformas e aplicativos, considere desligar o celular ou silenciar absolutamente todas as notificações que chegam pelo aparelho.

5. Priorize a qualidade do aprendizado

Essa dica consiste, basicamente, em aliar o potencial do cronograma ao esforço de eliminar o máximo de impulsos que tiram o seu foco. O objetivo é intensificar o ritmo de estudo em um curto período para otimizar a rotina. Assim, você evita passar tanto tempo consultando matérias de forma superficial.

Seu cérebro precisa de pausas entre as maratonas, então é melhor se aprofundar em poucos minutos do que ficar horas folheando materiais. Os ciclos rápidos e com atenção plena são excelentes para evitar o tédio e o esgotamento mental. Outra estratégia para prevenir o desgaste é variar os métodos de estudo entre leituras, exercícios, áudios, vídeos e autoexplicação.

6. Reserve tempo para o lazer

Ninguém funciona muito tempo sem descanso adequado, e não estamos falando apenas do sono noturno. Todo indivíduo precisa de um pouco de entretenimento para aproveitar a vida e lembrar que ela também é feita de momentos considerados ociosos, sem qualquer busca pela produtividade.

Além de dormir bem, você deve garantir um pouco de lazer no dia a dia, seja com programas individuais ou interações com grupos de amigos e familiares. Pense nesses instantes como verdadeiras terapias para relaxar e esquecer das obrigações cotidianas. É uma prática eficaz para reduzir o estresse e a temida ansiedade nos estudos.

7. Conte com os recursos disponíveis

O ritmo de estudo pode ficar ainda melhor com a ajuda da tecnologia. Saber como e quando apelar para os recursos digitais só trará benefícios. Você consegue, por exemplo, instalar ferramentas de controle do tempo para determinar o limite de uso do celular ao fazer pesquisas em páginas online.

Também tem instrumentos produzidos manualmente que continuam em alta. É o caso do mapa mental para estudo, que consiste em anotar conceitos e associá-los a termos ou frases que explicam o assunto. Para facilitar a compreensão e a memorização, ele pode receber símbolos, desenhos e setas que ajudem a conectar os temas.

O importante é se organizar e reunir os elementos necessários para ter uma experiência cada vez mais agradável. Aos poucos, você vai lapidando os detalhes da própria rotina para chegar a um ritmo de estudo personalizado ao seu perfil. Esse é o melhor caminho para ter sucesso em diferentes etapas do aprendizado.

Ainda não acompanha o nosso perfil no LinkedIn? Faça uma visita e aproveite para seguir!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 15

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0