Entenda o que é odontologia integrada e saiba seus benefícios!

odontologia integrada

A construção da carreira dos dentistas, como muitas outras, passa pelo processo de escolha de uma ou mais especialidades. O profissional que domina várias áreas do conhecimento tem a vantagem de poder ampliar as opções de tratamento relacionados à saúde e à estética bucal.

Se esse é o seu objetivo, vale a pena investir na odontologia integrada assim que entrar no mercado de trabalho. Não sabe do que se trata? Então, chegou ao lugar certo. Nos próximos tópicos, vamos abordar as características e os principais benefícios dessa modalidade de prestação de serviços.

Prossiga com a leitura e tire suas dúvidas!

O que é odontologia integrada?

O próprio termo já dá pistas sobre o funcionamento dessa forma de trabalho. Ela consiste em garantir que o paciente tenha acesso a todos os tratamentos de que necessita no mesmo local. Assim, em vez de “pular” de um consultório para outro, o indivíduo pode permanecer em um único ambiente.

A odontologia integrada demanda a criação de equipes multidisciplinares, compostas por profissionais especializados em diferentes áreas. O objetivo é fazer com que todas as etapas do atendimento sejam cumpridas dentro da mesma empresa, por meio da atuação de vários dentistas.

Esse perfil colaborativo explica por que a modalidade é tão comum nas grandes redes de clínicas. Afinal, são espaços conduzidos por diversos profissionais com alguma especialização em Odontologia. A vantagem está na possibilidade de receber pacientes para várias finalidades e oferecer atendimentos completos.

Como funciona essa modalidade?

Os procedimentos realizados por meio da odontologia integrada são exatamente iguais àqueles feitos por dentistas que atuam sozinhos. O que diferencia esse modelo do trabalho individual é a operação conjunta de diferentes profissionais.

Ao frequentar uma clínica integrada, o paciente será avaliado para receber um diagnóstico e as sugestões de tratamento. Independentemente do tipo e da quantidade de intervenções necessárias, ele terá a tranquilidade de poder cumprir todas no mesmo espaço.

É uma condição que gera bastante comodidade, tanto à equipe quanto ao público atendido. Por isso, muitos estudantes pensam em construir carreiras baseadas na interdisciplinaridade. Se você também se interessa pelo assunto, comece a definir os caminhos durante a graduação.

Quais são os principais benefícios?

A odontologia integrada tem pontos favoráveis para pacientes e profissionais da área. Você consegue imaginar quão benéfico é poder desempenhar uma série de atividades no mesmo local? Para ter uma ideia mais clara, veja abaixo os principais ganhos com esse tipo de trabalho.

Praticidade

Esse é um diferencial e tanto para as pessoas que precisam fazer um check-up odontológico e não sabem por onde começar. Em uma visita à clínica integrada, elas terão o suporte adequado para realizar qualquer tipo de tratamento.

A praticidade vem com a economia de tempo, pois o paciente não precisará recorrer a profissionais de diferentes lugares para fazer suas consultas. Os dentistas também desfrutam da facilidade para encaminhar atendimentos a colegas de outras especialidades.

Redução de custos

Para os pacientes, os gastos podem ser cortados com a diminuição dos deslocamentos e, inclusive, com a negociação de descontos. Afinal, muitas etapas serão cumpridas no mesmo espaço, do início ao fim do tratamento ortodôntico.

Os profissionais da clínica, por outro lado, conseguem encomendar maior quantidade de materiais para dar conta da alta demanda. Isso permite que obtenham redução de custo por unidade de instrumento ou medicação, por exemplo. Como resultado, fica mais fácil cortar despesas e cuidar do planejamento financeiro.

Maior independência

A odontologia integrada possibilita às clínicas desempenhar funções diversas, sem depender de outras empresas e/ou serviços de terceiros. Afinal, os times que atuam nessa modalidade costumam ser completos e envolver especialistas de várias áreas.

O grupo de dentistas pode, portanto, atuar em parceria a fim de concentrar o máximo de procedimentos no próprio local de trabalho. Isso significa maior lucro e, consequentemente, mais recursos entrando para a equipe continuar investindo.

Agilidade nos tratamentos

O ritmo de atendimento e das ações para tratar o paciente tende a ser mais rápido em uma clínica integrada. Isso porque os profissionais necessários em cada fase do tratamento estão reunidos no mesmo espaço e podem dar seguimento ao trabalho iniciado.

Interrupções e atrasos por conta de trânsito ou encaminhamentos não serão mais um problema. Por conta disso, a chance de as pessoas saírem satisfeitas aumenta. Os dentistas também ganham com a agilidade e passam a desempenhar seus papéis com maior eficiência.

Tecnologia de ponta

Juntar recursos para adquirir equipamentos de qualidade é bem mais fácil em uma clínica estruturada e conduzida por diferentes profissionais. Pense que cada membro da equipe poderá recomendar as melhores tecnologias, sempre considerando as tendências e as inovações do mercado.

Fica claro, portanto, que espírito colaborativo e capacidade de trabalhar em equipe são fundamentais para construir uma carreira em odontologia integrada. Esse é o caminho para exercer a profissão com segurança sem perder o padrão de excelência.

Como se preparar para atuar na área?

O primeiro passo, claro, é a capacitação por meio de curso superior. Após terminar a faculdade de Odontologia, você pode escolher uma ou mais especializações para aprimorar seus conhecimentos na área. Há muitas opções disponíveis, sendo as principais:

  • Ortodontia;
  • Periodontia;
  • Endodontia;
  • Traumatologia;
  • Dentística.

Procure se informar sobre cada especialidade e, inclusive, conversar com alguns profissionais que já atuam no mercado. Essa pesquisa vai ajudar você a reconhecer as áreas com as quais tem mais afinidade, aumentando a chance de acerto na escolha da pós-graduação.

Se ainda não começou a faculdade, aproveite para planejar as suas finanças e as práticas necessárias à realização do seu sonho. Abrir uma conta universitária e criar uma espécie de poupança são ótimas estratégias para cortar gastos e investir nas diferentes etapas de formação.

A iniciação na odontologia integrada pode ocorrer com a abertura de clínica própria, que terá a participação de outros profissionais. Você também tem a opção de compor um time já consolidado em uma empresa que presta esse tipo de serviço. Em todo caso, lembre-se da importância do trabalho conjunto e baseado na boa comunicação.

Quer saber mais sobre as opções de cursos para atuar na área da Odontologia? Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0