Você sabe o que é ABNT? Saiba quando utilizá-la!

o que é abnt

Se você sempre se perguntou o que é ABNT e para o que essas normas servem, este post vai tirar muitas das suas dúvidas. Apesar de temidas por todos os alunos, essas regras têm uma grande importância no mundo acadêmico.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é uma instituição que cuida da padronização de alguns procedimentos técnicos no país, incluindo artigos acadêmicos, Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) e demais documentos públicos.

Se você quer entender mais sobre o que é ABNT, qual a sua importância e onde utilizar os seus padrões, acompanhe este texto e veja informações interessantes sobre o assunto!

O que é a ABNT?

Como visto, ABNT é o órgão que normatiza alguns padrões técnicos. Para isso, são definidas diversas normas para cada área específica (chamadas de NBR) — ao contrário do que muitos pensam, elas não se restringem aos trabalhos acadêmicos.

O objetivo de algumas normas da ABNT, específicas para a redação, é padronizar a maneira como produções acadêmicas são estruturadas. Isso faz com que o processo de leitura e o acesso às informações do conteúdo sejam simplificados, por conta da melhoria da apresentação, favorecendo a interpretação e a qualidade do texto.

Elas são nada mais que uma receita de como estruturar um texto que será publicado em algum espaço, podendo ser de uso facultativo para documentos privados. Isso permite garantir que todas as informações serão distribuídas conforme um padrão.

Qual a importância da ABNT?

A ABNT é importante para diversos setores, pois garante desde a segurança de trabalhadores em atividades de risco até a qualidade de produções acadêmicas. Focando nesta última área, a padronização da escrita de documentos públicos, como artigos científicos, teses, monografias e dissertações, traz muito mais facilidade no processo de catalogação desses trabalhos.

Além disso, as normas da ABNT contribuem para evitar o plágio em produções acadêmicas, pois permitem encontrar os autores originais e padronizam o modo como se pode referenciar essas pessoas e ideias. Isso previne danos legais e facilita o acesso à informação.

Desse modo, é possível perceber que os padrões da ABNT existem para simplificar a vida do estudante que precisa fazer um trabalho na universidade. Apesar de serem complexas no início, depois de dominar o modo de estruturar os textos, você consegue compreender melhor a importância dessas normas e como elas facilitam muitos processos de escrita e leitura de produções acadêmicas.

Como as normas são feitas?

As regras que precisam ser seguidas para padronizar um documento de acordo com a ABNT não são feitas sem um motivo. Na verdade, existe uma demanda por parte da sociedade para que alguns processos sejam regidos por uma norma que os facilite.

Quando esse interesse é apresentado à ABNT, é feita uma avaliação da pertinência da solicitação e da sua aplicabilidade. Em seguida, a proposta é encaminhada para um comitê técnico para que ela seja incluída no Programa de Normalização Setorial — esse processo ocorre até mesmo quando não há um comitê específico para a demanda, sendo criado um para atendê-la.

A partir disso, inicia-se o desenvolvimento de mais uma NBR ou a atualização de uma existente para que a solicitação de uma nova padronização seja atendida. Todo esse processo é supervisionado pela ABNT até que seja concluído.

Quando utilizá-las?

Sabendo o quanto são importantes e que elas são frequentemente usadas na escrita acadêmica, chegou a hora de entender onde de fato as normas da ABNT são aplicadas na sua vida universitária.

Primeiramente, é importante ressaltar que existem diversas normas técnicas (NBRs) que podem ser aplicadas na produção de textos, como:

  • NBR 6022 — mostra alguns detalhes úteis para a publicação de periódicos e artigos científicos impressos;
  • NBR 6023 — fala sobre como devem ser feitas as referências de um trabalho, como ordená-las, de onde devem ser retiradas, entre outros detalhes importantes para a base de uma pesquisa;
  • NBR 6024 — explica como é o sistema de numeração de títulos e subtítulos que estão presentes nas produções textuais;
  • NBR 6027 — determina como deve ser estruturada a apresentação do trabalho no sumário;
  • NBR 6028 — aponta o que deve estar contido na apresentação de resumos dos trabalhos escritos;
  • NBR 10520 — estabelece como devem ser feitas as citações em seu trabalho para outras produções públicas;
  • NBR 14724 — ensina alguns passos principais para a elaboração de conteúdos pré-textuais, textuais e pós-textuais de produções acadêmicas, como dissertações, trabalhos de conclusão de curso, monografias, entre outros;
  • NBR 15287 — fala sobre como deve ser montado um projeto de pesquisa.

Ou seja, praticamente todos os textos que você produzir na formação universitária utilizarão uma ou mais normas da ABNT. Existem alguns trabalhos para os quais as normas são facultativas, embora os professores costumem pedir que sejam aplicadas. Agora, veja em quais produções essa padronização é obrigatória!

Artigos acadêmicos

Qualquer artigo que você precise publicar ou enviar para uma banca deve ser padronizado de acordo com as normas da ABNT. Isso envolve trabalhos de iniciação científica, Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), monografias, dissertações e teses (muito utilizadas em pós-graduação stricto sensu).

Nesse caso, o ideal é seguir principalmente a NBR 14724, que vai apresentar a estrutura básica para cada elemento do documento, ou seja, tanto a parte pré-textual quanto a textual e pós-textual.

Pesquisas

Os projetos de pesquisa, como fala a NBR 15287, também precisam seguir algumas especificidades de acordo com os padrões da ABNT. Essa norma vai explicar como montar a introdução, hipótese, objetivo da pesquisa, metodologias aplicadas e conclusões.

Além disso, pode ser necessário inserir uma folha de rosto, tabelas, abreviaturas, lista de símbolos, fórmulas e citações. O espaçamento, contagem das páginas e ilustrações, dentre outros aspectos, também são estruturados pela NBR 15287.

Como visto, aprender mais sobre o que é ABNT e o que as suas normas nos dizem ajuda muito a evitar problemas na entrega dos trabalhos. Por esse motivo, pesquise sempre sobre as padronizações e treine muito para se acostumar com as regras.

Este post foi interessante para você? Se sim, aproveite e leia também sobre como fazer pesquisas científicas na universidade e entrar no mundo acadêmico.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 34

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0Shares
0 0