Não fiz o Enem, posso entrar na faculdade? Descubra!

não fiz o enem posso entrar na faculdade

“Não fiz o Enem, posso entrar na faculdade mesmo assim?” Se você se faz essa pergunta, já podemos adiantar que a resposta é: sim! A realização desse exame, de fato, abre portas para o Ensino Superior. No entanto, essa não é a única forma de entrada.

Sendo assim, se você perdeu o Enem ou não tem interesse em fazer essa avaliação, saiba que tem ótimas soluções para entrar na faculdade mesmo assim. Neste post, vamos mostrar as suas principais opções. Acompanhe e saiba mais!

Como funciona o Enem?

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova realizada uma vez por ano pelo Ministério da Educação (MEC) e aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Esse é um meio de avaliar o quanto os alunos aprendem no Ensino Básico brasileiro.

A prova é dividida em uma redação e 4 cadernos, com 45 questões cada, que contemplam os seguintes temas:

  • Linguagens e Códigos;
  • Matemática;
  • Ciências Humanas;
  • Ciências da Natureza.

Com aplicação dividida entre 2 domingos, essa é uma avaliação extensa e que requer uma boa preparação para ter um desempenho satisfatório. A partir da nota do Enem, é possível participar de programas que facilitam o ingresso no Ensino Superior, como:

  • processo seletivo das instituições de ensino;
  • Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que seleciona alunos para as instituições de ensino superior públicas do país;
  • Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo parciais e integrais para instituições de ensino superior privadas;
  • Fundo de Financiamento Estudantil (Novo FIES), que oferece financiamentos com juros baixos ou nulos da mensalidade de universidades particulares.

É obrigatório fazer o Enem?

Por conta das diversas vantagens que esse exame apresenta, acabou sendo um dos maiores vestibulares do país. Não é à toa que muito se ouve falar dele, principalmente nos últimos anos do Ensino Médio.

Por ser tão conhecido, muitas pessoas acabam acreditando que a realização dessa avaliação é obrigatória para entrar no Ensino Superior. No entanto, saiba que ninguém precisa fazer o Enem se não quiser.

O Exame Nacional do Ensino Médio não é obrigatório, embora seja bastante vantajoso realizá-lo. Sendo assim, se você não tiver interesse ou perdeu as datas de inscrição, tem outras alternativas.

É possível fazer faculdade mesmo sem Enem?

Sim, é possível fazer faculdade mesmo sem ter realizado o Enem. Sendo assim, se você está pensando em entrar para um curso superior, tenha em mente que existem outros meios de ingresso.

Saber como usar a nota do Enem para ingressar no Ensino Superior é uma ótima estratégia, mas não é a única. É possível aproveitar as alternativas para encontrar aquela que mais combina com você.

Quais são as possibilidades de fazer faculdade sem Enem?

Falando nas opções de ingresso à faculdade além do Enem, que tal conhecer melhor as suas possibilidades? A seguir, veja a lista de como entrar no Ensino Superior!

Vestibular próprio

Diversas instituições de ensino realizam o vestibular próprio ou contam com o apoio de uma banca organizadora para montar o processo seletivo para novos alunos. Algumas delas só utilizam esse meio de ingresso, já outras oferecem essa alternativa e o Enem, deixando a escolha a critério do candidato.

Reabertura de matrícula

Quando sobram vagas em determinados cursos, as instituições podem fazer uma reabertura de matrícula, sem a necessidade de passar por todo o processo seletivo. Aproveitar esses períodos para garantir sua inscrição é uma excelente ideia.

Essa também é uma excelente opção para quem já deu início a uma graduação, mas precisou trancar. Desse modo, é possível retomar os estudos com todo o foco e energia necessários.

Transferência externa

Ainda tem mais alternativas para quem já está no Ensino Superior. Esse é o caso da transferência externa, que permite a mudança de curso de uma instituição de ensino para outra.

Como o aluno já foi aprovado em um processo seletivo, não é necessário passar novamente por outro. Dessa forma, basta observar os períodos de abertura para transferência externa e dar início à matrícula.

Segunda graduação

Diversas instituições de ensino não obrigam a participar de um processo seletivo quando o candidato já tem um diploma de nível superior. Os motivos são os mesmos da transferência externa. Como já houve uma aprovação no vestibular, as universidades entendem que os alunos têm o conhecimento básico necessário para dar início à segunda graduação.

Convênios entre empresas e universidades

Algumas empresas ainda oferecem convênios com as universidades para seus colaboradores. Dessa maneira, o ingresso é mais prático e direto, sendo possível garantir a capacitação profissional de forma facilitada.

Quais são os benefícios dessas alternativas?

O principal benefício de todas essas alternativas é que você não precisa estudar para o Enem. Como esse é um exame extenso, o processo de preparação pode ser bastante árduo, tendo em vista que é necessário aprender e revisar um grande volume de conteúdos.

Ao se preparar para o vestibular próprio, no entanto, é possível estudar apenas o conteúdo programático do edital e enfrentar provas com uma menor duração. Nesse caso, ainda que você aproveite as dicas para o Enem na hora de se organizar nos estudos e ter um bom desempenho nas avaliações, há um menor desgaste psicológico e físico.

Há vantagens também para quem perdeu o período de inscrição para o vestibular ou decidiu entrar na faculdade só depois de todo o processo seletivo. A transferência externa e a segunda graduação são exemplos de como o ingresso pode ser ainda mais facilitado.

Como se preparar para entrar na faculdade?

Gostou de conhecer suas possibilidades? Então, veja o que você precisa fazer para se preparar para começar um novo curso superior:

  • tenha horários livres para estudar;
  • organize um planejamento de carreira;
  • escolha a graduação que deseja iniciar;
  • tire todas as dúvidas com relação à instituição de ensino;
  • monte uma rotina de estudos equilibrada;
  • prepare todos os documentos para a matrícula.

Agora, se ouvir mais alguém falar “Não fiz o Enem, posso entrar na faculdade mesmo assim?”, você já sabe o que responder. Existem várias formas de começar um curso superior, e o Exame Nacional do Ensino Médio é apenas mais uma opção. Por isso, aproveite essas informações para encontrar as melhores soluções para a sua jornada.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Se sim, deixe um comentário abaixo que logo responderemos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0