4 razões para ter mais motivação para estudar agora mesmo

Quem nunca se sentiu cansado, desanimado e sem motivação para estudar? É normal surgir esse tipo de sentimento no meio do caminho. No entanto, interromper a jornada não é nem de longe a melhor decisão. As conquistas mais valiosas vêm em longo prazo e são fruto de empenho contínuo. Mas não pense que a recompensa só chega no final.

Quando o assunto é aprendizado, você obtém ganhos de forma gradual. Isso ocorre porque a necessidade de aprender é um sentimento inerente ao ser humano. Não ficamos satisfeitos por muito tempo com a bagagem de conhecimento que já carregamos. Temos sede de novidades e esse é um forte motivo para iniciar novas jornadas.

Quer conhecer outras 4 razões para ter mais motivação para estudar? Então, continue a leitura deste post e confira!

1. Adquirir mais habilidades

Todos temos um potencial muito maior do que imaginamos. Mas só é possível explorar nossas diferentes capacidades quando nos deparamos com situações inéditas e aprendizados distintos. Nesse sentido, a universidade é o lugar ideal para desenvolver novas habilidades.

É tanta informação absorvida, tanto conhecimento disponível, além, é claro, das trocas ricas que são feitas com colegas de sala e professores. As vastas oportunidades de aprendizado extraclasse, como as atividades complementares, também são caminhos certos para aprimorar o repertório de habilidades. Quer alguns exemplos?

  • relacionamento interpessoal;
  • trabalho em equipe;
  • liderança;
  • comunicação e expressão;
  • gestão de conflitos;
  • análise reflexiva;
  • criatividade;
  • empreendedorismo, entre outras.

2. Conseguir mais oportunidades profissionais

Boas oportunidades existem no mercado de trabalho, mas vêm precedidas por longas listas de exigências. Reflita: se dois candidatos concorrem a uma vaga e apenas um deles apresenta o título de graduado, enquanto o outro interrompeu os estudos após o Ensino Médio, qual deles terá vantagem na disputa? A resposta é um tanto óbvia, concorda?

Frequentar uma universidade é o primeiro passo para atender à procura do mercado e conquistar vagas desejadas. Para colocar ainda mais peso no currículo, vale a pena investir em outros tipos de cursos, como os de extensão universitária e de idiomas.

3. Ampliar os horizontes de atuação

Se o candidato não tem diferenciais para oferecer ao mercado, dificilmente terá muitas opções de trabalho. Nesse caso, a realidade se resume ao seguinte dilema: ou trabalha com algo que não gera satisfação, ou não tem dinheiro nem para os gastos básicos.

A situação já é mais favorável para quem constrói uma carreira, principalmente porque as profissões de nível superior abrem um amplo leque de áreas de atuação. Assim, é possível avaliar as próprias expectativas e aptidões e seguir pelo caminho mais atrativo.

4. Crescer como indivíduo

Flexibilidade mental, senso crítico, capacidade argumentativa e consciência social são alguns pontos da evolução pessoal do universitário. O estudante passa por uma transformação completa ao longo dos anos de graduação — e isso é inegável!

Os reflexos desse crescimento são perceptíveis em todas as áreas da vida:

  • no convívio com outras pessoas;
  • na visão de mundo;
  • nos posicionamentos diante de temas polêmicos;
  • na capacidade de interpretar os fatos sob diferentes prismas;
  • e até na forma de lidar com os próprios conflitos e desafios.

E então? As razões que listamos despertaram a sua motivação para estudar? Saiba que esses pontos representam apenas uma parcela dos ganhos que você terá ao continuar os estudos. Isso porque sempre há espaço para novos conhecimentos e experiências. É justamente isso que nos ajuda a chegar bem mais longe do que planejamos!

O que você tem a dizer sobre esse assunto? Participe! Contribua! Deixe seu comentário aqui no post e enriqueça essa discussão!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *