Confira 6 passos para montar um local de estudo!

local-de-estudo

Quem é estudante sabe que nem sempre dá para rever todos os conteúdos em sala de aula. Especialmente em época de provas e de avaliações importantes, o aprendizado precisa ocorrer dentro e fora das instalações da universidade. Isso significa que, em algum momento, você precisará montar seu próprio local de estudo.

A conquista de um ambiente exclusivo pode fazer a diferença no seu desempenho durante a graduação. Afinal, permitirá revisar conceitos, fazer leituras e realizar exercícios com mais tranquilidade. O resultado virá com o aumento da produtividade e da motivação para dar seu máximo em cada tarefa.

Então, se você quer investir em um espaço e não sabe por onde começar, prossiga na leitura e confira 6 dicas que podem ajudá-lo a cumprir esse desafio!

1. Encontre um lugar agradável

É normal que, na véspera de exames, qualquer cômodo da casa pareça propício para o estudo. Com o objetivo de otimizar o tempo, muitas pessoas passam a usar a mesa da cozinha, o sofá da sala ou a própria cama como estação de trabalho — intercalando essas áreas conforme a disponibilidade.

O problema é que esses lugares não são adequados e podem se tornar desconfortáveis, prejudicando sua performance. Alguns, inclusive, são frequentados por outras pessoas a todo momento, o que resulta em distrações que levam à perda da concentração.

Para evitar problemas, escolha um cantinho mais isolado. Pode ser uma área dentro de seu quarto, parte de um corredor ou um cômodo inutilizado. A adaptabilidade é uma das competências comportamentais mais valorizadas, portanto, aproveite para colocá-la em prática na hora de selecionar o ambiente.

2. Invista em um mobiliário confortável

Passar longos períodos sentado faz parte da rotina de qualquer estudante. Felizmente, é possível amenizar os impactos dessa prática investindo em uma cadeira de qualidade. Na compra do item, priorize um modelo que permita a regulagem de altura e que forneça sustentação para a região da coluna.

O cuidado com a ergonomia deve ser ainda maior para quem faz graduação na modalidade EAD, já que boa parte do aprendizado e da revisão serão feitos em casa. Então, procure equipar seu local de estudo com uma mesa que tenha tamanho adequado e área suficiente para apoiar os braços.

Você pode incluir itens adicionais para potencializar o conforto. Uma almofada para suportar a lombar e um banquinho para acomodar os pés são bons exemplos. Também é possível, por exemplo, adquirir um suporte articulado para ajustar a posição da tela do notebook à altura dos olhos.

3. Reúna todos os materiais necessários

O ambiente de estudo não deve ser apenas um cantinho onde você adquire conhecimento. Ele também pode facilitar a sua rotina, mantendo todos os materiais em seu devido lugar. Isso significa que canetas, cadernos, calculadoras e outros recursos didáticos precisam ser acomodados no espaço.

Há várias formas de guardar esses elementos: dentro de caixas organizadoras ou em baús, nos compartimentos da mesa (se houver gavetas, por exemplo) ou sobre prateleiras. Outra opção é instalar nichos que possam abrigar todos os seus instrumentos e mantê-los sempre à vista, distantes do chão.

desconto-universidade-cruzeiro-do-sulPowered by Rock Convert

Procure manter os materiais sempre no mesmo local para encontrá-los rapidamente. Com esse cuidado, você poderá trabalhar e estudar no pequeno escritório que montou em casa, sem a necessidade de sair do ambiente para procurar coisas importantes.

4. Adapte a luz a diferentes períodos

Com exceção dos feriados e finais de semana, boa parte dos dias dos estudantes são planejados conforme o turno da faculdade. Assim, se o curso de graduação é matutino, por exemplo, o melhor momento para complementar o aprendizado obtido em sala compreende os horários da noite.

Nesses casos, é crucial equipar o local de estudo com lâmpadas frias, que estimulam o foco para exercer diferentes atividades. Enquanto um plafon central fornece claridade homogênea, uma luminária de mesa pode direcionar a luz a pontos específicos, como a página de um livro ou de uma apostila de exercícios.

Quem tem a oportunidade de estudar em casa pela manhã ou durante a tarde deve tirar proveito da luz natural. O único cuidado é evitar ficar de costas para a janela ou abertura que deixa o sol entrar, a fim de prevenir a formação de reflexos indesejados na tela dos dispositivos.

5. Cuide da limpeza e organização

Como todo ambiente, o local escolhido para atualizar seus conhecimentos deve ser bem cuidado. Em outras palavras, deve estar limpo e organizado antes de você começar seus trabalhos. Ter atenção a esse detalhe é importante para que a vontade de permanecer no espaço seja maior que o desânimo.

Então, saia da zona de conforto e inclua alguns minutos de arrumação em sua rotina. Fazer um pouco por dia evitará o acúmulo de sujeira e de recursos que perderam utilidade. Uma boa dica é adquirir uma lixeira pequena para eliminar o excesso de papéis na medida em que vão sendo descartados.

Também é importante remover o pó que se acumula sobre a mesa, a cadeira e os materiais empilhados. Use uma flanela para limpar e, se achar necessário, umedeça as superfícies com uma solução composta por água e um pouco de vinagre branco. A sensação de higiene fará tudo fluir com mais facilidade.

6. Deixe o espaço com a sua cara

Não há injeção de ânimo melhor que estudar em um ambiente com o qual você se identifica. Por isso, independentemente do tamanho do local, é importante que sua decoração seja pensada com carinho. Comece incluindo objetos que ocupam pouco espaço, como quadros e plantas dispostas em suportes pendentes.

Você também consegue adicionar itens que enfeitam e, ao mesmo tempo, ajudam a organizar o cronograma de estudos. Um quadro de avisos pode ser customizado a seu gosto e conter lembretes de tarefas, frases inspiradoras e alguns macetes — técnicas de redação e de memorização, por exemplo.

Um relógio bonito e posicionado em um ponto estratégico também funciona muito bem nesse tipo de ambiente. Aos poucos, você pode complementar a estética com acessórios que tenham a ver com o seu estilo de vida ou que reflitam suas preferências em relação a diversos assuntos.

Agora ficou fácil encontrar o lugar certo para exercer uma série de atividades do seu cotidiano. Esperamos que tire proveito de cada passo listado, afinal, todos são importantes para montar um local de estudo atrativo, confortável e adaptado às suas necessidades.

Se curtiu este post, assine a nossa newsletter para receber conteúdos com temas semelhantes em seu e-mail!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0