Liderança 4.0: saiba o que é e como desenvolver

liderança 4.0

Você já ouviu falar do conceito de liderança 4.0? Esse é um termo importante para quem quer alcançar um cargo alto dentro de uma organização ou apostar em atitudes empreendedoras. Afinal, ele diz respeito à forma como o desenvolvimento tecnológico tem afetado os mais variados setores do mercado.

São várias as condutas esperadas de um líder inserido na indústria 4.0. Dentre elas, a resiliência, a sustentabilidade e a autonomia são as que mais se destacam. É fundamental fazer uma gestão alinhada às demandas da atualidade.

É por isso que, neste post, vamos abordar sobre os principais pilares da liderança 4.0 e mostrar como é possível desenvolver essas habilidades. Acompanhe e saiba mais!

O que é liderança 4.0?

A história da humanidade é acompanhada de diversas revoluções industriais, desde o século XVIII. Atualmente, estamos vivendo a quarta Revolução Industrial e é por isso que o termo indústria 4.0 está tão em alta.

A liderança 4.0 é um conceito que fala sobre boas práticas para criar um contexto organizacional alinhado às preocupações da indústria 4.0, cujas principais são:

  • responsabilidade socioambiental;
  • cuidado com as pessoas dentro e fora do ambiente organizacional;
  • atenção para com as questões sociais.

Algo importante sobre a quarta Revolução Industrial é o contato intrínseco com a tecnologia. A Transformação Digital veio para trazer mudanças nas mais diversas relações — e para ter uma liderança atualizada é preciso se adaptar a essas novidades.

Quais são os pilares essenciais desse estilo de liderança?

A prática de liderança 4.0 está muito associada com o diálogo transparente e a gestão inteligente de riscos. Por conta disso, existem alguns pilares essenciais para esse estilo de comando, que visam o bem-estar organizacional. Veja, a seguir, quais são eles!

Inteligência social

Esse pilar tem a ver com a atuação em diferentes contextos sociais. Um líder com essa habilidade trabalha a capacidade de sair da zona de conforto e conseguir lidar com pessoas de origens, crenças e comportamentos diversos. Essa é uma competência importante, tanto para o desenvolvimento pessoal quanto para a gestão de carreira.

Inteligência contextual

Já a inteligência contextual é a capacidade de analisar as situações e prever comportamentos, tanto das pessoas quanto do mercado. Um líder com essa habilidade consegue observar e identificar as tendências socioeconômicas, a fim de direcionar a gestão para se adaptar às mudanças e evitar prejuízos.

O líder que consegue desenvolver a inteligência contextual também é capaz de transmitir as ideias e percepções acerca das circunstâncias do mercado e do ambiente corporativo para a equipe. Isso faz com que o trabalho em torno das adaptações necessárias para o sucesso do negócio seja coletivo e mais eficiente.

Inteligência emocional

A inteligência emocional é uma das principais habilidades necessárias para todo profissional assertivo dos mais variados cargos dentro de uma organização. Ela se trata da gestão dos sentimentos pessoais e interpessoais.

Algo importante para um líder, que precisa estar em contato com diferentes pessoas, é o controle das emoções e a capacidade de se expressar de forma transparente e coerente. Isso envolve a necessidade do desenvolvimento de habilidades sociais, como comunicação não-violenta, diálogo empático e assertividade.

Powered by Rock Convert

Inteligência física

Um líder não vai conseguir se desenvolver muito na carreira se não der a devida importância ao bem-estar do corpo e da mente — tanto no individual quanto no coletivo. Isso implica em conhecer os limites físicos e oferecer os cuidados necessários para manter a saúde como prioridade.

A inteligência física é fundamental para que um líder tenha consciência de como manter o ambiente organizacional saudável para os colaboradores. Também ajuda a reconhecer que precisa de descanso em alguns momentos e dar atenção para as questões de saúde.

Essa competência é muito importante para a atualidade. Afinal, os casos de Síndrome de Burnout associados ao ambiente de trabalho só têm aumentado nos últimos anos — e resolver esse problema é essencial para manter a produtividade e o bem-estar da equipe de colaboradores.

Inteligência inspiradora

Um líder pode escolher dois caminhos para exercer influência sobre os colaboradores de uma organização: a intimidação e a inspiração. Na indústria 4.0, o segundo comportamento é muito mais valorizado, pois se alinha aos valores de cuidado com as pessoas e responsabilidade social.

Por esse motivo, algo fundamental para um líder 4.0 é o engajamento com o time de colaboradores. Um discurso acolhedor e que aponta um senso de propósito na filosofia da empresa também traz inspiração à equipe de funcionários, favorecendo a criação de um clima organizacional muito mais agradável — que impacta positivamente no negócio.

Como desenvolver a liderança 4.0?

Chegou a hora de descobrir, na prática, como aplicar esse conceito e os seus principais pilares. A seguir, veja algumas dicas de como agir conforme os preceitos da liderança 4.0.

Trabalhe a inteligência emocional

Esse é o primeiro passo para se tornar um bom profissional. Tendo em vista que a inteligência emocional é um dos pilares para a liderança 4.0, isso é ainda mais importante para todas as pessoas que assumirem cargos mais elevados dentro de uma organização.

Para desenvolver a inteligência emocional, é necessário, primeiramente, aprender a se conhecer, compreender os próprios sentimentos e prever os próprios comportamentos. Isso ajuda a se autorregular e a se policiar em relação aos exageros, buscando sempre manter o equilíbrio e o respeito com as outras pessoas.

Tenha foco nas pessoas

Uma liderança focada no cuidado com as pessoas tem de tudo para ser bem-sucedida. Isso faz com que medidas para fidelizar clientes e manter colaboradores sejam criadas, aumentando o sucesso do negócio e reduzindo o índice de turnover.

Desenvolva habilidades pessoais

É importante também reconhecer quais são os seus pontos fortes que podem ser trabalhados para valorizar a posição de líder em uma organização. Qualidades profissionais e pessoais, como flexibilidade, compreensão e boa comunicação, são ótimas para quem quer se desenvolver em cargos de liderança 4.0.

Seja resiliente

Essa é a palavra-chave para atuar na indústria 4.0. Saber como lidar com as pressões, evitar conflitos desnecessários e se adaptar às mudanças são atitudes que mostram a resiliência de um líder.

Como visto, a liderança 4.0 apresenta pilares éticos que se relacionam com os principais comportamentos necessários para a atualidade. Desse modo, desenvolver habilidades que ajudem a atender essa demanda é essencial para quem deseja se destacar nessa área.

Gostou deste post? Então com certeza você vai gostar de ler também a respeito de adaptabilidade. Confira nosso artigo sobre o assunto e entenda a importância de saber se adaptar às mudanças do mercado de trabalho!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0