Veja passo a passo para ser mais produtivo ao fazer home office

home office

É grande o número de pessoas que vêm se reinventando para trabalhar ou estudar em casa. Com o distanciamento social gerado pela pandemia do novo coronavírus, essa necessidade de adaptação aumentou e fez com que muitos grupos passassem a experimentar o novo modelo.

De fato, a tendência é que essa forma de exercer tarefas se torne cada vez mais comum em várias partes do mundo. Afinal, o home office apresenta diversas vantagens para quem atua em mercados que focam a produtividade, o ganho de tempo e o alcance de resultados.

Se você já desenvolve atividades remotamente ou pretende começar o quanto antes, não deixe de aproveitar as nossas dicas. Vamos mostrar as melhores práticas para ter sucesso nessa empreitada!

Qual é a importância do home office?

Em uma rotina profissional, diversos momentos podem ser considerados improdutivos. O deslocamento que a pessoa faz até o escritório ou empresa em que trabalha é um bom exemplo, já que não é possível aproveitar esse período para desempenhar funções importantes.

No home office, essa perda de tempo e energia não ocorre, visto que todas as tarefas são executadas no conforto de casa. Ou seja, o indivíduo pode definir os horários mais convenientes para atuar, de acordo com sua disposição diária e a quantidade de afazeres disponíveis.

Esse modelo de trabalho proporciona economia (tempo e dinheiro), flexibilidade e comodidade, sendo bem comum no mercado freelancer. Em cenários de quarentena e outras situações difíceis, também garante a segurança das pessoas, que podem permanecer protegidas em seus lares.

Como ter mais produtividade no home office?

Apesar de todas as suas vantagens, essa modalidade exige disciplina e algumas adaptações para que funcione da maneira esperada. É preciso cuidado para não se deixar levar pelo conforto, adiando tarefas ou ignorando compromissos importantes.

Para ajudar, listamos práticas que, certamente, vão aumentar a sua produtividade.

Escolha um ambiente adequado

Ninguém consegue ter motivação em um lugar bagunçado e barulhento. Por isso, o primeiro passo é avaliar quais áreas da residência têm mais potencial para abrigar um escritório doméstico. Procure espaços tranquilos e que sejam pouco frequentados por outras pessoas.

Pode ser seu próprio quarto, um ateliê, uma varanda coberta ou um canto da sala. Pense que o home office também funciona como local de estudo, portanto, deve ter compartimentos para apoiar seus materiais e equipamentos variados — livros, apostilas, calculadora, cadernos etc.

Procure, ainda, investir em uma cadeira confortável, que permita permanecer sentado por horas sem sentir desconforto. Esse cuidado com a postura é essencial para a sua saúde e bem-estar.

Alinhe as expectativas com a equipe

O trabalho em casa nem sempre é solitário, afinal, muitas empresas precisam reunir os funcionários para tomar decisões e discutir assuntos relevantes. Nesses casos, é crucial que você e os seus colegas invistam em uma boa comunicação a distância.

Para isso, façam uso de boas ferramentas e recursos. É importante definir o melhor programa para fazer videoconferências, agendar as reuniões em períodos que permitam a participação de todos, além de manter um canal que permita a troca constante de mensagens.

desconto-universidade-cruzeiro-do-sulPowered by Rock Convert

Dessa forma, tanto líderes quanto equipes de colaboradores poderão alinhar expectativas e garantir que as atividades propostas serão desempenhadas por cada integrante.

Cumpra horários de trabalho

Exercer uma profissão em home office significa menos tempo perdido em alguns processos, mas o grau de dedicação será o mesmo. Em outras palavras, você precisa manter o esforço necessário para finalizar as tarefas com máxima qualidade, sem correr o risco de perder prazos.

Uma estratégia adotada por vários profissionais que seguem a rotina de trabalho em casa é criar uma espécie de cronograma com metas e horários para cada tipo de tarefa. Esse modelo deve orientar as práticas exercidas em todos os dias da semana.

Isso ajuda você a desenvolver hábitos e a cumprir as atividades sempre nos mesmos períodos. Como consequência, consegue organizar melhor os outros momentos do dia (lazer, descanso e diversão, por exemplo).

Simule uma rotina normal

Outro cuidado importante para ser mais produtivo em casa é começar os dias como se estivesse em uma rotina tradicional. Isso significa realizar todas as coisas que faria se tivesse que sair para trabalhar em um ambiente com outras pessoas.

Portanto, nada de ficar de pijama, pantufas e cabelo despenteado. Tome o seu café da manhã, coloque uma roupa adequada, analise a sua agenda e prepare o ambiente antes de começar as atividades. Esse ritual deixará você com ânimo total para cumprir os objetivos do dia.

Quando terminar os trabalhos, você terá outra sensação agradável ao trocar as vestimentas por peças mais confortáveis, avisando seu corpo e sua mente que é o momento de relaxar.

Como conciliar trabalho e estudo nessa rotina?

A possibilidade de usar o mesmo espaço para exercer diferentes atividades demanda bastante organização. Antes de tudo, mantenha todos os seus recursos separados: uma gaveta/armário para os materiais de estudo e outro compartimento para os itens do trabalho.

Uma pessoa que pretende fazer faculdade enquanto exerce uma profissão, por exemplo, deve estabelecer prioridades e atualizá-las com o passar das semanas ou dos meses.

Nesse caso, vale a pena dedicar mais tempo às leituras e exercícios em uma semana de provas. O mesmo deve ser feito na rotina profissional, quando houver um pedido urgente para um cliente ou a entrega de um projeto importante.

Perceba que tudo é questão de planejamento, ou seja, de observar o que precisa ser feito e categorizar as tarefas conforme o nível de relevância em cada período. Aos poucos, com a prática constante e testes próprios, você fará a conciliação de rotinas sem nenhuma dificuldade.

Gostou de aprender formas simples de aumentar a produtividade em seu home office? Lembre-se de que as experiências com essa modalidade variam de uma pessoa para outra. Portanto, faça as mudanças no seu ritmo até encontrar a condição ideal.

Essas dicas podem ser aproveitadas por profissionais de diversas áreas. Caso você ainda não tenha escolhido a sua carreira, venha conhecer 8 profissões que estão em alta no mercado.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0