Qual curso escolher: formação pedagógica ou licenciatura?

formação pedagógica ou licenciatura

Profissionais com grau de bacharelado que sempre sonharam em atuar na docência podem realizar esse sonho cursando uma formação pedagógica ou licenciatura. Como a licenciatura é um caminho mais longo, muita gente tem optado pela formação pedagógica para encurtar esse percurso e se formar em menos tempo — geralmente em cerca de um ano ou um ano e meio.

É como se a Formação complementasse os estudos de quem já é bacharel, habilitando o profissional para dar aulas sem necessariamente precisar cursar uma licenciatura específica. Neste post, explicaremos os detalhes sobre cada um dos cursos para que você possa tomar sua decisão de maneira madura e consciente. Continue a leitura e planeje a sua carreira!

O que é uma formação pedagógica?

É uma modalidade de licenciatura de curta duração recomendada para bacharéis e tecnólogos que gostariam de trabalhar na docência. Esses profissionais podem ser graduados em qualquer área do conhecimento, a exemplo de quem tem formação em Engenharia e pretende dar aulas de Física ou Matemática, entre outros profissionais das mais variadas áreas de atuação.

Por meio da formação pedagógica, o profissional poderá atuar em vários níveis da Educação, como Ensino Fundamental, Médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA), entre outras modalidades. O mercado é bastante amplo nesse setor, tendo em vista a demanda constante por professores de todos os níveis e disciplinas.

Para você ter uma ideia dessa demanda, considere a pesquisa feita pelo Anuário Brasileiro da Educação Básica, de 2019, a qual evidencia que cerca de 4 em cada 10 professores no Ensino Fundamental não tinham a formação adequada para a disciplina que estavam lecionando. Segundo o anuário, esse dado corresponde a 37,8% dos professores do 6º ao 9º ano. No Ensino Médio, esse índice é de 29,2%.

Esses números evidenciam a necessidade de mais profissionais habilitados para atuar na docência, o que também desfaz alguns mitos que envolvem a profissão, como o inchaço do mercado no ramo. Portanto, vale muito a pena se capacitar com a formação pedagógica e expandir suas possibilidades de carreira.

Além da curta duração, outra vantagem do curso é que ele geralmente é oferecido na modalidade EAD. Isso facilita bastante a rotina de quem precisa trabalhar e estudar ao mesmo, pois permite aos estudantes organizarem seu próprio cronograma de estudos e se dedicar às aulas naqueles horários de mais tranquilidade e disposição.

Quanto ao peso de um diploma EAD, você não precisa se preocupar, pois o certificado tem o mesmo valor do diploma de um curso presencial. Inclusive, um ponto muito positivo é que o mercado tem valorizado cada vez mais a formação à distância, visto que o perfil do aluno EAD contempla uma série de características essenciais no mundo do trabalho, como responsabilidade, disciplina e dedicação.

Por que considerar estudar licenciatura?

Vimos que esse tipo de especialização é indicado para profissionais não licenciados. De qualquer forma, para obter esse grau é obrigatório ter um diploma de bacharel ou tecnólogo. No entanto, se você está em dúvida se faz uma formação pedagógica ou licenciatura, vamos começar diferenciando-a do Bacharelado, que prioriza uma forte linha teórica.

desconto-universidade-cruzeiro-do-sulPowered by Rock Convert

O profissional licenciado, por sua vez, recebe esse título pela carga adicional de uma atividade específica, a qual permite dar aulas em determinada área, seja no Ensino Fundamental, seja no Ensino Médio. Isto é, a licenciatura é mais recomendada para quem já sonhava em ser professor antes mesmo de entrar na universidade. Por isso, saber sua área de atuação é fundamental para escolher a licenciatura mais adequada.

Além da abordagem teórica, um curso de licenciatura envolve também conceitos didáticos, metodológicos, fundamentos da educação e outros temas relacionados à atividade pedagógica. Então, se você deseja dar aulas em uma disciplina específica, o mais interessante é licenciar-se para assumir a função.

Uma alternativa que tem chamado bastante atenção é a possibilidade de fazer uma segunda licenciatura depois de formado. Nesse caso, o foco do curso é graduar quem já é licenciado para assumir outras disciplinas ao longo da carreira.

Por exemplo: um professor que deseja dar aulas de Física, mas é licenciado em Matemática, pode fazer uma segunda licenciatura para expandir seus níveis de atuação no mercado.

Como escolher a melhor opção de carreira?

Vimos que existem duas possibilidades básicas para quem deseja ser professor: fazer formação pedagógica ou licenciatura. Se você já é bacharel em outra profissão, mas pensa em ampliar as possibilidades de carreira assumindo a docência, a formação pedagógica é um ótimo caminho. Por outro lado, para quem já ingressa na universidade pensando em escolher a faculdade certa para se tornar professor, a licenciatura é a melhor opção.

Independentemente da sua preferência, o mais importante é estar consciente no momento da escolha. Isso porque a vida profissional nunca fica restrita ao local de trabalho em si. Essas questões também perpassam a trajetória de vida pessoal e influenciam na rotina familiar. Portanto, é preciso estar muito seguro ao escolher um curso de graduação.

Sabemos o quanto é desafiador tomar uma decisão madura, principalmente no caso de quem deseja trabalhar com Educação e Ensino, afinal, como vimos, existem alguns mitos que desvalorizam a profissão do professor. De todo modo, o reconhecimento social dessa profissão é algo inquestionável, uma vez que é justamente o professor quem forma os profissionais de todas as outras áreas do conhecimento.

Então, considere-se uma pessoa privilegiada por pensar em se dedicar à docência e por se permitir fazer a diferença na vida de outras pessoas. Se você ainda está em dúvida sobre a sua trajetória profissional, os testes vocacionais auxiliam bastante na busca pelo autoconhecimento e maturidade para fazer uma escolha inteligente. Pense nisso!

Lembre-se também de contar com uma universidade renomada para guiar seu percurso na formação pedagógica ou licenciatura. Assim, é garantido que você desenvolverá as competências necessárias ao cargo e conquistará um diploma valorizado no mercado. Como estamos falando de uma profissão de enorme responsabilidade social, fazer um curso de qualidade é algo imprescindível na sua jornada.

Quer saber mais sobre planejamento de carreira e sucesso profissional? Veja o que considerar para trilhar o seu caminho!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0