7 dicas de filmes de Psicologia para se inspirar a seguir essa carreira

filmes de psicologia

A Psicologia faz parte do conjunto de profissões do futuro em razão da sua relevância no estudo do comportamento humano. Se você tem interesse na área, já deve ter pesquisado um pouco e entendido que a atuação se estende aos mais diversos espaços, como escolas, empresas, hospitais e clínicas.

Outra forma de aprender mais sobre a carreira é por meio do entretenimento. Há muitos conteúdos que abordam o cotidiano de diferentes profissões e os desafios envolvidos na prática profissional. Bons exemplos são os filmes de Psicologia, assunto do nosso artigo.

Que tal selecionar alguns para assistir e se inspirar? Aproveite que a lista está bem variada e divirta-se!

  1. “Gênio Indomável”.
  2. “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”.
  3. “Clube da Luta”.
  4. “Psicose”.
  5. “Cisne Negro”.
  6. “Uma Mente Brilhante”.
  7. “A Pele que Habito”.

1. Gênio Indomável

Lançado em 1997, é um dos filmes mais famosos devido à excelente interpretação de Robin Williams. Infelizmente, uma ocorrência triste fez com que o tema abordado na produção ganhasse ainda mais notoriedade: o ator se suicidou em 2014, após uma longa luta contra a depressão.

A trama conta a história de Will (Matt Damon), jovem problemático que desenvolve trabalhos de servente em uma universidade. Por conta de sua personalidade difícil, ele passa a ter uma série de experiências negativas que o leva a marcar várias passagens pela polícia.

Tudo muda quando ele, mesmo sem organização financeira, começa a receber atendimentos de diversos psicólogos. Um dos profissionais chama atenção pela abordagem diferenciada, que foca os verdadeiros problemas de Will para ajudá-lo a superar fases ruins e recuperar o equilíbrio.

2. Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças

Está entre os filmes de Psicologia mais amados pelo público por girar em torno de um relacionamento amoroso que, com o tempo, se torna bem peculiar. A produção chegou ao Brasil em 2004 e conta a trajetória conturbada vivida pelo casal formado por Joel (Jim Carrey) e Clementine (Kate Winslet).

O ponto alto está no momento em que a moça, desiludida pelo fracasso da relação, decide se submeter a um tratamento experimental para esquecer seu amado. O procedimento dá certo, e ela realmente demonstra ter deixado as lembranças com ele para trás.

Embora chateado com a atitude de Clementine, Joel encontra formas criativas de lidar com a situação. Vale a pena conferir as soluções encontradas pelo protagonista ao perceber que ele é o único a não participar das memórias que sua amada tem da carreira profissional e vida pessoal.

3. Clube da Luta

Lançado em 1999, é um filme que aborda o cotidiano de uma geração que, mesmo tendo acesso às melhores condições de vida, não consegue sentir ligação com nada. São pessoas que navegam livremente pela internet, têm bons empregos e excelentes oportunidades financeiras.

O personagem Tyler, interpretado por Brad Pitt, busca formas de não se encaixar nesse grupo de jovens que vive sem sentido. Com um comportamento inadequado e provocativo, ele passa a fazer de tudo para contrariar a sociedade aparentemente perfeita na qual está inserido.

A reviravolta chega quando o perfil rebelde se junta a outros indivíduos para montar o famoso clube da luta. Trata-se de um local de refúgio, onde as pessoas vão para descontar frustrações, afogar mágoas e enfrentar suas sombras.

4. Psicose

Não poderia faltar um clássico do cinema, concorda? Dirigido por Alfred Hitchcock, um dos maiores diretores que o mundo já viu, esse filme conquistou os telespectadores na época de lançamento e serviu de inspiração para a produção da aclamada série “Bates Motel”.

desconto-universidade-cruzeiro-do-sulPowered by Rock Convert

“Psicose” (1960) é famoso pelo terror psicológico criado ao longo das cenas, ainda que não tenha representação de violência e outras práticas perigosas. Ele aborda a conduta de um psicopata, um dos perfis que costuma ser avaliado por todos os psicólogos.

Se ainda tem dúvidas para se tornar esse profissional do futuro, pelo menos dê uma chance ao título. O suspense bem trabalhado vai surpreender e render boas reflexões.

5. Cisne Negro

Exibido nas telonas em 2010, é um dos filmes de Psicologia que comemorou sucesso de bilheteria. Parte do reconhecimento veio das atuações incríveis de Natalie Portman e Mila Kunis, responsáveis por dar vida às protagonistas da produção.

No enredo, somos apresentados à Nina, bailarina perfeccionista e obcecada pela dança. Ela compete com Lily, sua concorrente, pela chance de interpretar o papel principal do balé “O Lago dos Cisnes”. A rivalidade nutrida junto ao controle exercido por sua mãe fazem com que Nina perca a noção do que é real ou fictício.

É um drama psicológico que mostra as batalhas internas de uma dançarina e o lado obscuro de uma amizade distorcida. A cada acontecimento e cobranças envolvidas, conseguimos entender o que prejudicou a saúde mental de Nina.

6. Uma Mente Brilhante

Esse filme de 2001 conta a história de John Nash (Russell Crowe), professor de matemática que conseguiu desvendar um dos teoremas mais enigmáticos da sua área de atuação. Tal feito rende a ele a conquista do Prêmio Nobel, conhecido como o maior reconhecimento para um cientista.

No auge da carreira, porém, o protagonista começa a ter alucinações que resultam em diversos problemas. As adversidades passam a afetar sua vida pessoal e apontam para um caso de esquizofrenia. O diagnóstico faz com que ele sofra preconceito por parte dos colegas da universidade onde trabalha.

Em vários momentos do filme, temos a impressão de que John não terá condições de superar os obstáculos. Ainda assim, o personagem surpreende com sua determinação e vontade de ir além, ignorando possíveis limitações impostas pela doença.

7. A Pele que Habito

Essa produção de Pedro Almodóvar foi lançada em 2011 e apresenta o estranho relacionamento mantido entre um cirurgião plástico e sua mulher. A vida do protagonista, Dr. Robert Ledgard, muda totalmente após um acidente sofrido pela esposa.

Empenhado em desenvolver uma solução que poderia ter salvado a vida da moça, ele inicia um trabalho para criar um tipo de pele. O órgão de laboratório deve ser sensível ao tato, mas resistente contra as agressões internas e externas as quais costuma estar exposto.

O problema é que o doutor começa a ficar obcecado com a ideia de melhorar sua criação e segue para uma fase que gera grande angústia e suspense: encontrar uma cobaia humana para testar sua mais nova pele, resultante de muito esforço e muitas pesquisas.

E aí, o que achou das nossas sugestões? Já ouviu falar ou até conferiu algum desses filmes de Psicologia? Em caso afirmativo, essa pode ser uma boa oportunidade para rever a produção e captar detalhes que passaram batidos na primeira vez. Quanto mais referências você tiver sobre esse campo do conhecimento, mais chances terá de tomar a decisão certa sobre sua futura profissão.

Agora que está com esta lista incrível em mãos, que tal compartilhá-la em suas redes sociais? Assim, seus amigos também podem aproveitar as dicas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0