ESG: o que é e como ele está afetando o mercado de trabalho?

esg o que é
Powered by Rock Convert

Cada vez mais as empresas despertam para a responsabilidade socioambiental. É por isso que o conceito de ESG está ganhando espaço! Trata-se de um acrônimo para Environmental, Social and Governance — em português, Ambiental, Social e Governança.

Em resumo, o ESG é um conjunto de práticas de gestão empresarial relacionadas à preservação ambiental, à responsabilidade social e à governança corporativa. Mais do que o atendimento a demandas urgentes, pensar em estratégias de ESG traz diferenciais competitivos muito interessantes para as organizações.

Por isso, o profissional de sucesso de hoje é aquele antenado nesse tipo de tendência. Quer saber mais? Então, leia este texto e descubra tudo sobre ESG: o que é, como o conceito afeta o mercado e como você pode se preparar para ele!

Afinal, o que é ESG?

A sigla ESG foi utilizada pela primeira vez no relatório “Who Cares Wins” (em tradução livre, “Quem se Importa Ganha”), elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2005. No documento, foram estabelecidas diretrizes e recomendações relacionadas a questões ambientais, sociais e de governança para o mundo dos negócios.

Essas orientações giravam em torno da convicção de que era possível gerar resultados financeiros ao mesmo tempo que as empresas ajudavam a cuidar do meio ambiente e da sociedade. Na época, nove países participaram do desenvolvimento desse relatório, inclusive o Brasil, mas o conceito cresceu e hoje em dia representa uma tendência definitiva.

Veja só o que significa cada ingrediente do ESG no mercado de trabalho:

  • environmental — tem a ver com a gestão de resíduos, o controle de poluição, a avaliação de riscos ambientais, a promoção da reciclagem, o uso de energias alternativas e a redução de desperdícios, por exemplo;
  • social — se relaciona à construção de uma sociedade mais justa, à busca por maior diversidade no quadro de funcionários, às iniciativas para a acessibilidade, à redução de preconceitos nas relações interpessoais e à participação em iniciativas sociais e filantrópicas;
  • governance — diz respeito à administração ética, à cultura de segurança, ao controle de corrupção, à existência de canais de denúncia, à transparência nos resultados e à realização de auditorias, entre outros pontos.

Na prática, as empresas elaboram estratégias robustas para que seus processos produtivos cumpram com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS, na sigla em inglês) da ONU e se tornem cada vez mais transparentes e confiáveis.

Como esse índice está afetando o mercado de trabalho?

O conceito de ESG é bastante disruptivo, pois faz com que caia por terra a ideia de que a lucratividade de um negócio é contrária à construção de um mundo sustentável. A perspectiva de que responsabilidade socioambiental e bons resultados podem se casar é relativamente nova e vai ao encontro de mudanças muito amplas na sociedade atual.

Um dos motivos para isso é a transformação digital, que elevou bastante o acesso a informações por parte da população. Como hoje em dia temos acesso a inúmeros produtos e serviços ao alcance de poucos cliques, as possibilidades de escolha são amplas e o poder de decisão em nossas mãos é muito maior.

Com isso, os diferenciais de uma empresa não se resumem mais a preço e qualidade, mas se tornam mais profundos, abrangendo os posicionamentos da marca. Assim, as pessoas decidem consumir um produto ou serviço por identificação. Por outro lado, empresas que assumem posturas desaprovadas pelo seu público correm o risco de boicote.

Soma-se a isso o fato de que as pessoas estão cada vez mais conscientes dos problemas socioambientais. Desse modo, adotar práticas que tragam contribuições positivas para a sociedade se tornou um diferencial competitivo para as empresas, com impactos diretos nos negócios.

Powered by Rock Convert

Para que você tenha uma ideia, o relatório Total Societal Impact: A New Lens for Strategy (em tradução livre, “Impacto Social Total: Um Novo Olhar para a Estratégia”), elaborado pela Boston Consulting Group (BCG), mostra que práticas de ESG levam a resultados financeiros 3% a 19% melhores.

Além disso, o levantamento da Morgan Stanley, uma grande instituição financeira, indica que cerca de 80% dos investidores já avaliavam o comportamento das empresas em relação aos preceitos de responsabilidade socioambiental e governança para tomar suas decisões no mercado financeiro.

Como atender a esses requisitos?

Com tantas mudanças no mercado, é claro que as exigências em relação aos profissionais também se alteram. Para se destacar nesse novo cenário, você deve desenvolver conhecimentos, habilidades e competências alinhados ao conceito de ESG. Para tanto, anote aí algumas dicas!

Desenvolva um perfil de liderança 4.0

O perfil de liderança está entre as soft skills mais desejadas no mercado de trabalho. Isso porque um profissional líder é aquele capaz de influenciar seus colegas e contribuir ativamente com os resultados da empresa.

No contexto atual, essa característica é repaginada e recebe o nome de liderança 4.0. Trata-se de práticas de liderança que envolvem a responsabilidade socioambiental e a inteligência social e contextual para lidar com diferentes pessoas e gerir conflitos.

Engaje-se em questões socioambientais

Também é importante engajar-se com questões socioambientais, por exemplo, acompanhando notícias relevantes do Brasil e do mundo e estudando sobre os principais problemas da nossa sociedade. Isso ajuda a contextualizar a sua atuação profissional no mundo e a se reencontrar com a função social da sua profissão.

Aja sempre com respeito e responsabilidade

Sabe aquela história de que a mudança começa de dentro para fora? Pois bem, se você quer se destacar em uma empresa alinhada aos preceitos de ESG, comece cuidando da sua conduta no dia a dia de trabalho. Tenha um comportamento responsável, ético e empático com seus colegas, superiores e parceiros profissionais.

Contribua para a estrutura de governança

Sugira melhorias e ajustes nos processos e procedimentos da sua área, visando assegurar maior transparência e segurança. Se engaje no cumprimento e disseminação das políticas e utilize os canais de comunicação internos para o reporte de suspeitas e irregularidades.

Conte com uma universidade diferenciada

Na hora de começar a sua graduação, conte com uma universidade que esteja de olho nessas tendências e que se preocupe em formar profissionais com potencial transformador da sociedade. A existência de iniciativas que valorizam o protagonismo, a inovação e o pensamento crítico é um bom termômetro para isso.

Conseguiu tirar suas dúvidas sobre ESG, o que é e quais são seus impactos no mundo profissional? Como você viu, trata-se de uma tendência definitiva no mercado de trabalho e com impactos positivos para as empresas e, principalmente, para a sociedade.

E aí, gostou do conteúdo? Então, siga nossas páginas nas redes sociais YouTube e LinkedIn — e fique de olho nas atualizações!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0