Afinal, como está a relação entre EAD e mercado de trabalho?

O diploma de um curso EAD tem o mesmo valor do diploma de um curso presencial? Os recrutadores dão preferência para graduados em cursos EAD ou presenciais?

Essas são apenas algumas das dúvidas que permeiam os alunos no momento de escolher um curso de graduação. Por isso, é muito importante se informar sobre como está a aceitação do mercado de trabalho em relação aos cursos realizados na modalidade EAD.

Se você tem interesse em entender melhor sobre esse assunto, continue a leitura e tire suas dúvidas!

A busca por cursos EAD está aumentando

A tecnologia já faz parte de quase todas as atividades da sua vida. Você utiliza ferramentas tecnológicas para se comunicar, se divertir, buscar informações, trabalhar e para diversas outras tarefas. Nesse contexto, por que não utilizar essas ferramentas também para estudar e obter um diploma de graduação?

Essa é uma das perguntas que muitos alunos se fazem e, não à toa, a procura e o número de matrículas em cursos EAD vem aumentando todos os anos. Em 2016 haviam 1,8 milhão de alunos matriculados em cursos desse tipo, o correspondente a 20% das matrículas. Já em 2017 esse número aumentou 17,6%, sendo o maior crescimento já registrado. E a previsão é de que esse número continue crescendo.

Estudos indicam que, em 2023, 50% dos alunos vão estar matriculados na modalidade EAD, o que se justifica por diversos motivos. O principal é que o ensino à distância (EAD) permite ao aluno estudar em qualquer lugar — basta ter acesso à internet. Dessa forma, ele pode utilizar o tempo de deslocamento até o trabalho, horas vagas de noite e até os finais de semana para realizar a graduação.

Além disso, essa modalidade de ensino abre portas para que o aluno escolha uma instituição localizada em qualquer região do país, sem a necessidade de se deslocar até a faculdade ou de mudar de cidade — tudo isso sem perder em qualidade de ensino.

O mercado valoriza os cursos EAD

Diante dessa nova realidade, as desconfianças sobre os cursos EAD não têm fundamentos. Além de o aluno obter um diploma equivalente ao do ensino presencial, os recrutadores perceberam que a qualidade do ensino dessa modalidade de cursos é tão alta quanto a da educação presencial.

A ideia de que os cursos EAD são mais fáceis do que os presenciais está cada vez mais fraca. Apesar de, em geral, serem mais acessíveis financeiramente, os cursos dessa modalidade exigem tanto quanto os presenciais em relação à capacidade de aprendizado do aluno. Além disso, desenvolvem uma série de competências extras que podem se tornar o diferencial do profissional diante do mercado de trabalho.

O diferencial dos alunos de cursos EAD

Diante do fato de que os cursos EAD podem ser feitos em qualquer lugar e a qualquer hora, os alunos acabam desenvolvendo uma série de competências, que se tornam diferenciais. Confira, a seguir, quais são algumas dessas habilidades.

Proatividade

O aluno EAD precisa buscar ativamente o conhecimento, uma vez que não tem contato diário com professores e colegas. Portanto, desenvolve a proatividade em um nível mais alto do que os alunos de cursos presenciais.

Disciplina

Quando você se matricula em um curso EAD, precisa definir uma rotina de estudos para ter sucesso. Afinal, não existe um compromisso fixo diário com a faculdade, como é o caso do curso presencial. Dessa forma, a disciplina é uma outra competência desenvolvida por essa modalidade.

Gestão de tempo

Em um curso EAD, você é o responsável pelo seu próprio tempo. Isso significa que precisa desenvolver a organização e uma boa gestão do tempo para cumprir todas as atividades e garantir o melhor aproveitamento do curso.

Portanto, como você pôde perceber, a aceitação do mercado de trabalho em relação aos cursos EAD cresceu consideravelmente ao longo dos anos. Além do mais, com tantos profissionais competentes formados por essa modalidade, a tendência é que ele continue progredindo, fazendo com que mais portas se abram para aqueles que optam por essa modalidade de ensino.

Gostou do texto? Aproveite e compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais! Assim, seus amigos também terão acesso a essas informações!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *