Confira os segredos para conquistar disciplina para estudar

disciplina para estudar

Ter disciplina para estudar em casa ou em qualquer outro espaço é verdadeiramente um desafio. Afinal, diversos fatores envolvidos no dia a dia podem interferir no ritmo de estudos e, inclusive, na motivação.

Se você se identifica com este tema, saiba que não está só nessa. Muitos estudantes enfrentam desafios na hora de manter a constância, seja para saber como estudar sozinho ou em grupo. No entanto, é justamente a disciplina que ajuda a colher ótimos resultados e a melhorar o desempenho no vestibular ou no curso.

É por esse motivo que, neste post, trouxemos algumas dicas que vão ajudar você a melhorar o foco e a construir uma rotina de estudos mais adequada para o seu perfil de aprendizado. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue conosco!

Use a lógica da marmita

Cada vez mais pessoas passam a enfrentar rotinas corridas e a ter menos tempo disponível para outras atividades. Como uma solução para manter a boa alimentação, optam por separar apenas um dia da semana para preparar marmitas, que servem para toda a semana, poupando o período de preparo diário das refeições.

O que isso tem a ver com os estudos? É simples. Essa mesma lógica pode ser aplicada no seu processo de aprendizagem e fazer com que a sua rotina seja muito mais otimizada. A ideia está confusa? A gente explica!

Dificilmente você vai ter a mesma motivação para estudar a semana inteira. Geralmente, é isso que faz com que você pule um dia e, quem sabe, outro, prejudicando o ritmo de aprendizagem e a disciplina, não é mesmo? 

Uma maneira de melhorar essa rotina de estudos é deixar tudo pronto já no início da semana. Definir no domingo, por exemplo, tudo o que deve ser estudado ao longo dos próximos dias faz com que você acorde sabendo o que precisa fazer. Desse modo, não é necessário gastar energia para se organizar diariamente, pois já está tudo encaminhado para começar as atividades programadas.

Altere as suas convicções sobre os estudos

A lógica da marmita é um ótimo passo para saber como estudar mais e melhor no dia a dia, certo? Agora, é hora de avançar para a próxima etapa: a forma como você visualiza o processo de aprendizagem.

É muito mais complicado desenvolver o interesse de montar uma rotina de estudos quando você não quer, de fato, aprender um conteúdo. Consequentemente, sem uma motivação inicial, a disciplina também fica prejudicada.

Sendo assim, é importante ressignificar as suas convicções sobre os estudos. Por exemplo, se você não é fã da área das Exatas, mas precisa aprender Matemática e Física para passar no vestibular, é possível mudar a percepção sobre essas disciplinas.

O primeiro passo é reconhecer a importância desse conteúdo para a sua jornada acadêmica. E quando vier aquela ideia de “eu nunca vou usar isso na minha vida” enquanto você estiver estudando, é só tentar encontrar um exemplo prático de como aplicar esses conhecimentos.

Pode ser que o único momento em que esses temas serão necessários seja o vestibular. No entanto, isso não reduz a relevância desse aprendizado, pois é justamente isso que permitirá um bom desempenho na prova e, assim, a conquista daquela vaga no curso de interesse. Ou seja, fazer esse exercício de olhar o lado positivo dos estudos, mesmo para aquelas matérias que você não gosta, é fundamental.

Garanta conforto com equilíbrio

Engana-se quem pensa que ter disciplina é sobre seguir regras sem nenhuma flexibilidade. O equilíbrio e o conforto na rotina de estudos são tão importantes quanto a constância. Sendo assim, como alcançar essa harmonia?

Um bom início é dar tanta importância para o descanso quanto para os momentos de atividade. Com isso, você permite que a sua mente e o seu corpo tenham uma pausa no aprendizado, que é fundamental para garantir uma melhor absorção dos conteúdos.

Essas pausas, inclusive, podem estar presentes durante a etapa dos estudos. Já ouviu falar do método Pomodoro? Essa é uma técnica que incentiva 25 minutos de concentração total, intercalados de 5 minutos de descanso pleno. Assim, você consegue descansar entre um bloco e outro, encontrando energia para passar horas fazendo a mesma atividade.

Esse é apenas um exemplo de como deixar a sua rotina mais equilibrada e confortável. No entanto, é possível pensar em várias outras táticas que funcionam para você, conciliando estudos com descanso.

Conte com a ajuda da Neurociência

Um conceito muito importante na Neurociência é o de plasticidade. Essencialmente, nosso cérebro é capaz de produzir pequenas mudanças na forma como os neurônios se comunicam, por meio das sinapses, e é isso que gera o aprendizado e o reforço de hábitos.

Por exemplo, note que para aprender a tocar um instrumento musical, é necessário treinar com uma certa frequência e com menos pausas entre uma prática e outra. Desse modo, é possível ter um bom desenvolvimento e dominar as técnicas rapidamente.

Com os estudos, é praticamente a mesma coisa. O que ocorre ao aprender a tocar um novo instrumento ou um conteúdo para o vestibular é apenas a plasticidade neural. Ou seja, você pratica uma atividade com tanta frequência que o seu cérebro se acostuma com ela a ponto de criar estruturas sinápticas específicas.

Sendo assim, quanto mais você se empenha em manter o foco e a disciplina nos estudos, mais fácil será para se acostumar com isso no seu dia a dia. Alguns truques que ajudam a tornar isso um hábito são:

  • definir os mesmos horários na semana para começar a estudar;
  • ter um ambiente fixo e exclusivo para os estudos, se possível;
  • utilizar um gatilho para se convencer psicologicamente de que esse é o momento de se concentrar, como ouvir um gênero musical específico, prender o cabelo, espirrar um aroma no ambiente ou qualquer outra atitude que funcione com você;
  • fazer pausas rápidas, sem perder o foco.

Agora que você sabe que é totalmente possível conquistar disciplina para estudar, o que está esperando para colocar essas dicas em prática? Construir uma rotina equilibrada vai ajudar muito a alcançar melhores resultados, além de prevenir o desgaste mental durante os estudos. Em outras palavras, os benefícios são enormes e fazem a maior diferença na sua vivência estudantil.

Ficou com alguma dúvida sobre o tema ou quer compartilhar uma dica que ajuda a ter mais disciplina nos estudos? Fique à vontade para deixar um comentário logo abaixo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0