7 dicas para planejar seu desenvolvimento de carreira!

desenvolvimento de carreira
Powered by Rock Convert

Em algum momento, toda pessoa se vê preocupada em criar condições que permitam uma evolução na vida pessoal e profissional. Quando o foco está na capacitação e nas possíveis formas de obter renda, a melhor estratégia passa a ser o desenvolvimento de carreira.

Seu objetivo é construir um caminho de sucesso, que gere satisfação e benefícios em longo prazo? Então, está mais que na hora de planejar os próximos passos e escolhas. Isso aumentará suas chances de atender às demandas do mercado de trabalho, com resultados que podem envolver estabilidade e bons ganhos financeiros.

Desenvolver a carreira começa pelo processo de entender onde você está e o que deseja alcançar para cumprir as próximas etapas com mais segurança. Veja abaixo 7 delas!

1. Fazer uma boa graduação

Um diploma pode significar pouca coisa para quem não tem total certeza sobre a profissão que pretende exercer. Aqueles que refletem bastante ao selecionar uma universidade, no entanto, começam a definir uma trajetória coerente para alcançar inúmeras metas profissionais.

O tempo que você investe avaliando as possibilidades de formação será compensado no futuro, com a certeza de que tomou a melhor decisão. Há muitas opções entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo para escolher, nas mais diversas áreas do conhecimento.

Além de modalidades de ensino presencial, você também pode contar com as facilidades da Educação a Distância (EAD) para manter os estudos. Isso significa que dificilmente encontrará impeditivos para o processo de capacitação, seja qual for a sua perspectiva de carreira.

2. Criar um plano de carreira

Essa etapa consiste, basicamente, em organizar todas as ideias que você tem para o desenvolvimento de carreira. Uma maneira de facilitar o trabalho é anotar cada proposta em um caderno físico ou planilha, de modo que esses dados fiquem visíveis e favoreçam a sua análise.

No material, registre itens como:

  • metas de curto e longo prazo;
  • recursos necessários para obter o que deseja;
  • principais obstáculos, além de alternativas para superá-los;
  • estratégias que podem ser usadas a seu favor;
  • habilidades a serem desenvolvidas.

Com as informações dispostas em um arquivo de fácil acesso, será muito mais fácil acompanhar sua evolução e manter o foco no plano estabelecido. Nada impede, claro, que determinadas ações sejam alteradas ou substituídas por novas práticas ao longo do tempo.

3. Desenvolver inteligência emocional

Motivação constante e engajamento são cruciais para não perder seus objetivos de vista. Nesse sentido, é preciso enfrentar pensamentos negativos e outras condições que possam prejudicar o seu desempenho. A saída pode estar no desenvolvimento da inteligência emocional.

Trata-se da capacidade de perceber e compreender diferentes emoções para gerenciá-las da forma adequada, conforme o cenário apresentado. Aprender a lidar com cada sinal que vem à mente no dia a dia deve estar entre as estratégias para o aperfeiçoamento profissional e construção da carreira.

Ao controlar as emoções, você consegue evitar conflitos, desânimo e preocupações excessivas na rotina. Também passa a usar os sentimentos em benefício próprio, aproveitando aqueles que melhoram a performance e elevam o seu nível de produtividade.

Powered by Rock Convert

4. Analisar os feedbacks recebidos

Somos seres sociais e dependemos da interação com outras pessoas nas mais diversas atividades. Cabe a você, no entanto, decidir como tirar proveito dessa proximidade. Pense que cada indivíduo é único e pode oferecer ensinamentos específicos para o seu desenvolvimento de carreira.

Em suas caminhadas, as opiniões, críticas e conselhos virão dos mais diversos grupos: familiares, amigos, colegas de universidade, parceiros de trabalho e até figuras de liderança. O ideal, portanto, é ouvir tudo com atenção e saber filtrar apenas o que for benéfico para o seu aprendizado.

Lembre-se de que comentários negativos nem sempre significam algo pessoal ou maldoso. Muitas vezes, servem para que você enxergue as coisas de outra forma ou até exercite a empatia. Em todo caso, sempre é bom refletir sobre os feedbacks antes de descartá-los de sua vida.

5. Investir em networking

Uma boa rede de contatos faz toda a diferença no alcance das oportunidades, seja para trabalhar, seja para continuar os estudos. A principal dica é investir na qualidade das suas relações, não apenas na quantidade de pessoas que farão parte desses grupos.

Assim, se o seu objetivo é construir uma carreira acadêmica, por exemplo, vale a pena estar perto de profissionais que já atuam nesse tipo de trabalho ou sabem como ele funciona. Isso inclui professores, graduandos e graduados, técnicos e pesquisadores das mais diversas áreas.

Demonstre interesse nas atividades exercidas por essas pessoas e solicite informações sempre que necessário. Não tenha medo ou vergonha de se aproximar. Afinal, alguém precisa estabelecer o primeiro contato. Você vai se surpreender com a quantidade de pessoas dispostas a orientar seu caminho.

6. Trabalhar a autoconfiança

Essa é uma prática fundamental no desenvolvimento de carreira porque previne desistências por inúmeros motivos. Como assim? Um indivíduo que confia em si e na própria capacidade dificilmente se deixa abater por comentários de terceiros ou situações que fogem do controle.

É claro que a vida traz surpresas, algumas delas desagradáveis, mas você não precisa deixar de comemorar conquistas sempre que algum imprevisto surgir. O importante é trabalhar a autoconfiança e jamais permitir que dias ruins abalem o seu plano de carreira.

Uma forma de exercitar isso é relembrar suas qualidades com frequência, celebrar pequenos avanços e aceitar que erros farão parte da rotina. Com o tempo, você terá muitos motivos para se orgulhar e, quem sabe, servir de exemplo para outras pessoas.

7. Ter curiosidade

Um bom profissional sempre está em busca de novidades que possam melhorar seu trabalho e a percepção de quem desfruta dele. Isso demanda curiosidade e interesse nas tendências que afetam o mercado e as diversas profissões, de forma a se atualizar constantemente

Você consegue acompanhar as mudanças externas de várias maneiras: fazendo cursos rápidos ou especializações, investindo em experiências novas, participando de eventos voltados para a sua área, consumindo conteúdos e notícias, trocando ideias com colegas, e muito mais.

Uma segunda graduação ou pós também representam boas escolhas para aprimorar competências e favorecer o desenvolvimento de carreira. Tenha apenas a prioridade de cursá-las em uma instituição de qualidade, que abra portas para o emprego desejado e a vida que você tanto sonha.

Gostou do tema deste artigo? Compartilhe-o nas redes sociais para que mais gente reflita sobre as dicas apresentadas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0