Conta universitária: vale realmente a pena abrir uma? Confira!

conta universitária
Powered by Rock Convert

O ingresso no Ensino Superior representa o sonho de muita gente, mas envolve gastos elevados com transporte, material, alimentação e até moradia. Quem não quer perder a motivação para estudar deve saber que é necessário lidar bem com cada despesa — e a conta universitária pode colaborar nesse processo.

Diferentes bancos já oferecem a opção para graduandos, com condições e diferenciais que variam por instituição. Em meio a tantas alternativas, vale a pena pesquisar sobre o assunto para entender se essa modalidade é adequada ao seu perfil.

Para ajudar, criamos este post com base nas dúvidas mais recorrentes dos estudantes. Continue a leitura e se informe!

O que é a conta universitária?

Esse modelo foi desenvolvido especialmente para jovens e adultos que estão cursando ou vão cursar a faculdade. Os bancos entendem que estudantes costumam ter recursos limitados para pagar todas as suas necessidades. Por isso, criaram um produto específico para atender a esses grupos.

A conta universitária é, então, exclusiva para graduandos. Sua principal diferença em relação às contas comuns ou tradicionais está no acesso facilitado a determinados serviços. Os valores de contratação geralmente são menores e as exigências tendem a ser reduzidas.

Em outras palavras, esse tipo de conta funciona como qualquer outra, mas demanda menos investimentos por parte do usuário. Isso significa que ela pode favorecer uma economia que resulta em dinheiro extra para diferentes gastos.

Quais são os prós e contras?

As instituições financeiras trabalham com diversos benefícios para atrair estudantes. Afinal, elas sabem que muitos deles podem se tornar correntistas da marca no futuro. Como os prós e contras variam entre os bancos, faça sempre uma boa análise antes de escolher.

Vantagens

As operações básicas — como pagamentos, conferência de saldo e transferências — podem ser feitas normalmente, da mesma forma que ocorre em uma conta comum. O grande diferencial está nas condições exclusivas para estudantes, que podem englobar:

  • abertura simples — o processo para criar a conta universitária não demora muito e envolve poucos documentos, como RG, CPF e comprovantes de matrícula, residência e renda (trabalho ou estágio);
  • baixo custo mensal — manter a conta em funcionamento é mais barato para os estudantes, que costumam pagar taxas de R$ 3,00 a R$ 15,00 todos os meses;
  • taxas menores — a cobrança é reduzida no momento de pagar valores devidos (dependendo do caso, o correntista consegue parcelar débitos em aberto para quitá-los com tranquilidade);
  • crédito pré-aprovado — muitos bancos oferecem um limite inicial na conta e no cartão de crédito, com valores que podem ser maiores para o estudante que consegue aumentar a renda;
  • descontos em serviços — estudantes com conta universitária conseguem pagar menos no ingresso de cinemas, teatros, shows e demais eventos (a meia-entrada é comum);
  • programa de pontos — esse benefício permite ao correntista acumular pontos para, depois, trocá-los por produtos e serviços de seu interesse;
  • operações gratuitas — um bom número de saques e transferências pode ser realizado mensalmente, sem nenhum custo adicional envolvido;
  • empréstimo sem comprovação de renda — é possível, em determinadas situações, obter empréstimos pessoais para custear os estudos e outras necessidades relacionadas;
  • atendimento exclusivo — usuários desse tipo de conta conseguem falar com os representantes dos bancos via canais personalizados;
  • uso estendido — alguns bancos permitem estender o uso da conta por um período após a formatura, a fim de ajudar o recém-graduado a se ajustar ao mercado.

Desvantagens

Estudantes que ainda não completaram 18 anos precisam entregar um termo de autorização assinado pelos pais ou representantes legais antes de abrir a conta universitária. Não é algo que costuma atrapalhar o processo, embora exija um planejamento a mais.

Powered by Rock Convert

Veja outros pontos que podem ser vistos como negativos:

  • riscos de endividamento — limites muito altos podem fazer com que o correntista perca o controle das despesas (é bom lembrar que, embora menores, os juros permanecem aplicados e têm potencial para acumular grandes valores;
  • risco de inadimplência — o descuido com a administração da conta também pode deixar o seu nome sujo, condição que impede a realização de várias atividades;
  • cobrança de anuidade — ela pode surgir após 1 ano da abertura da conta e ter valores que impactam o orçamento do estudante. É importante ficar de olho para não se surpreender em um momento ruim.

Vale a pena abrir uma conta universitária?

Ficou claro que as vantagens superam os pontos negativos desse modelo de conta. Além do mais, perceba que todas as questões consideradas ruins podem ser evitadas se você tiver uma boa organização. Isso inclui acompanhar os gastos diariamente e planejar cada investimento.

Se observar que as contas não vão fechar em determinado mês, por exemplo, por que não tentar fazer um bico ou atuar como freelancer? Dessa forma, é possível ganhar dinheiro extra e custear os valores devidos sem mexer na sua conta universitária.

Entenda que, mesmo com benefícios exclusivos para estudantes, você precisa agir como qualquer outro correntista. Ou seja, aproveitar os diferenciais dos serviços oferecidos pela instituição financeira com equilíbrio e responsabilidade. Esse é o caminho para manter uma boa relação com a empresa e com o dinheiro.

Procure sempre pela opção que oferece mais vantagens

Outro ponto importante é ser uma pessoa curiosa para tirar todas as dúvidas antes de tomar uma decisão. Afinal, cada banco tem suas particularidades e exigências, o que interfere nos tipos de propostas apresentadas aos atuais e futuros clientes.

Cabe a você a tarefa de avaliar as possibilidades até encontrar aquela com maior potencial para ajudar em sua trajetória acadêmica. Todo o tempo gasto nessa pesquisa inicial valerá a pena por evitar arrependimentos, preocupações e dores de cabeça.

Ademais, ter organização financeira desde o início da faculdade vai garantir o preparo necessário para entrar no mercado de trabalho. Assim, você poderá começar sua carreira com tranquilidade e a com certeza de que a parte financeira já está bem resolvida.

Esperamos ter respondido seus principais questionamentos sobre a conta universitária e os diferenciais que a acompanham. Agora, é só procurar a instituição escolhida, levar os documentos básicos e começar a desfrutar de vários benefícios.

Se você gostou do post, assine a nossa newsletter e fique de olho em nossas outras dicas e novidades!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0