Saiba como juntar dinheiro e se organizar financeiramente

como juntar dinheiro

Saber como juntar dinheiro pode parecer coisa de outro mundo para muitas pessoas. No entanto, basta fazer uma boa organização financeira para começar a administrar melhor o quanto você ganha, podendo poupar para realizar os seus objetivos.

Não existe uma fórmula mágica para guardar mais dinheiro, nem podemos afirmar que o planejamento financeiro é algo fácil de ser seguido rigorosamente.

Entretanto, organizar as finanças pessoais é algo que pode ser feito, principalmente se você tem um objetivo em mente. Essa meta pode ser economizar para uma viagem, fazer um curso, montar uma reserva ou até mesmo pagar as suas dúvidas.

Neste post, vamos mostrar quais são os principais passos que você precisa tomar como hábitos para ter mais organização financeira em sua vida. Acompanhe e se inspire para guardar mais dinheiro!

Conheça suas receitas e despesas

O primeiro passo para saber como juntar dinheiro é ter ciência do quanto ganha e do quanto gasta. Para isso, fazer uma tabela de receitas e despesas é essencial. Caso você goste de escrever no papel tudo o que entra e sai das suas finanças, opte por um caderninho só para isso. Já se você tem afinidade com a tecnologia, aposte nos aplicativos e nas planilhas digitais.

Depois de definir onde vai anotar as movimentações, será necessário escrever até o menor valor que você gastar, como uma bala, e o mesmo deve ser feito com o dinheiro que receber.

Com base nisso, é possível somar todas as despesas e receitas no fim do mês. A partir de um trimestre, aproximadamente, você consegue fazer uma média das entradas e saídas de seu caderno. Assim, é possível identificar onde é possível economizar ou se é necessário procurar outras formas de ganhar dinheiro.

Comece a cortar gastos desnecessários

Caso não esteja sobrando dinheiro no fim do mês para guardar, você vai precisar organizar as suas despesas, reduzindo e eliminando aquilo que não é tão importante no momento. Com essa ideia de anotar tudo o que gasta em um caderno, aplicativo ou planilha, é possível identificar com mais precisão quais custos são exacerbados ou desnecessários.

Nesse momento, é importante avaliar a sua vida e treinar o autocontrole, especialmente se você tem o hábito de comprar por impulso. Como visto, a organização vai ser fundamental para atingir o objetivo de juntar mais dinheiro.

Sendo assim, no começo do mês, destine o quanto você vai gastar em cada área, separando dinheiro para os gastos essenciais e não essenciais. O primeiro grupo envolve aluguel, contas de água, luz, internet e gás, mensalidade da universidade, serviços de streaming, entre outras despesas que precisam ser pagas mensalmente.

Já nos custos não essenciais, você pode colocar os passeios, comidas especiais, viagens e demais gastos não necessariamente planejados. Afinal, não é porque você quer poupar mais que vai parar de comprar coisas que trazem prazer, ainda que momentâneo. No entanto, será necessário ter um melhor controle sobre as despesas, evitando custos desnecessários.

Depois de fazer essa organização, veja o quanto você pode poupar a cada mês. Ainda que não seja exatamente a quantia que pretendia juntar, não deixe de guardá-la. Ao longo do tempo, tente cortar ainda mais os gastos supérfluos, até que consiga destinar mais dinheiro para a sua reserva.

Quite ou negocie suas dívidas

Se o que compromete o seu planejamento financeiro são as dívidas, é necessário organizá-las o quanto antes. Afinal, quanto mais tempo você demora para pagá-las, maiores serão os juros e multas de atraso.

Caso você não consiga reunir a quantia necessária para fazer o pagamento das suas dívidas nos próximos meses, veja a possibilidade de negociá-las. Isto é, entre em contato com o setor financeiro da empresa à qual você está devendo e converse sobre as opções de redução dos juros e multas, parcelamento da dívida e promessa de pagamento.

É importante priorizar o pagamento de tudo o que você deve até criar um objetivo financeiro. Desse modo, evite se endividar durante esse período, a fim de não acumular débitos, e busque sempre a organização para fugir de novas dívidas.

Tenha um objetivo financeiro

Como visto, quando você tem uma dívida, quitá-la é a sua prioridade. No entanto, caso esteja livre de contas atrasadas, é importante ter em mente o motivo pelo qual você quer poupar.

Isso vai servir como motivação sempre que você sentir vontade de gastar mais do que deveria ou fazer compras por impulso. Um objetivo financeiro dá mais determinação para se organizar nas finanças.

Dessa maneira, pense em como você quer usar o dinheiro que juntou. Reflita se pretende fazer uma viagem com os amigos, entrar em um curso, comprar um carro, casar-se e dar uma festa, montar uma reserva de emergência, entre outras opções, e escreva esse objetivo em um papel. Em seguida, deixe-o como um bilhete, em algum lugar visível em seu quarto, para se motivar diariamente.

Com esse objetivo estabelecido e o prazo projetado para cumpri-lo, você consegue definir melhor quanto precisa guardar a cada mês. Além disso, vai identificar se será necessário fazer mais cortes nos gastos, procurar fontes de renda extra ou até mesmo seguir uma nova profissão.

Faça bons investimentos

Quando você passa a aprender como juntar dinheiro, percebe a necessidade de deixá-lo em algum lugar. Atualmente, existem diferentes tipos de investimentos, que atendem a diversas demandas.

Desse modo, não é possível definir, de forma generalizada, qual é o melhor. Para identificar qual é o que mais se encaixa nas suas necessidades e no seu planejamento, é necessário observar a rentabilidade, os requisitos e o tempo de retorno de todas as opções. Assim, você avalia qual tipo de investimento tem mais a ver com os seus objetivos financeiros.

Entender como juntar dinheiro e buscar a educação financeira é algo que toda pessoa deveria pensar em fazer. Isso dá mais liberdade na forma como você se relaciona com o que ganha, evitando os impulsos e fugindo de dívidas que podem comprometer todo o seu bem-estar. Por isso, não perca tempo e comece a pôr as suas finanças em ordem.

Gostou das dicas deste post? Caso você tenha alguma dúvida ou ideia de como juntar dinheiro e se organizar financeiramente, deixe um comentário logo abaixo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0Shares
0 0