Não sabe como funciona o vestibular? Descubra neste post!

Você terminou o Ensino Médio e, agora, precisa pensar no futuro. O caminho mais escolhido costuma ser o da graduação, porém, para entrar em uma universidade, é preciso saber como funciona o vestibular.

Temida por muitos, a prova do vestibular serve como admissão para cursos superiores, como de graduação e ensino técnico. Apesar de variar em seu formato de acordo com a instituição escolhida, ainda assim, há algumas características semelhantes a todas elas, como a exigência de redação e os conteúdos abordados.

Para ajudar você nesse momento tão importante da sua formação, neste post vamos explicar como funciona o vestibular, quais são os tipos de provas existentes e qual é a importância do Enem durante o processo de ingresso na universidade. Continue a leitura e acompanhe!

O que é o vestibular?

Para entrar no Ensino Superior, seja para um curso de graduação, seja para um curso técnico, o futuro estudante precisará ser aprovado no vestibular. Esse procedimento serve para verificar tanto se o vestibulando possui as habilidades necessárias para estudar o curso em questão quanto se ele apresenta o perfil compatível com o daquela instituição.

Enquanto algumas universidades realizam apenas um vestibular por ano, outras abrem o processo de seleção em ambos os semestres. Ainda que a maioria opte pela prova presencial, algumas instituições já permitem a sua realização de forma online – principalmente para os cursos da modalidade de ensino a distância.

Outro fator que costuma variar é em relação ao período de realização da prova: para algumas universidades, o vestibular ocorre em fase única; enquanto para outras, ele pode se estender por mais dias.

Quais são os tipos de prova existentes?

Cada universidade apresenta um determinado estilo de prova para o vestibular. Porém, algumas estruturas são frequentemente encontradas. A seguir, saiba mais sobre cada uma delas.

Múltipla escolha

Por serem mais práticas, as provas de múltipla escolha são as mais comuns nos vestibulares. Nelas, o vestibulando deverá escolher a alternativa correta que responda à questão objetiva apresentada e marcá-la no cartão de respostas, de acordo com as instruções fornecidas.

Dissertativa

A prova dissertativa apresenta enunciados que devem ser respondidos pelo estudante, sem a presença de alternativas. Dessa forma, ela serve para avaliar a capacidade de escrita do vestibulando sobre temas variados, além de verificar os seus conhecimentos sobre a norma culta da língua portuguesa.

Normalmente, esse tipo de avaliação é utilizado na segunda fase do vestibular, depois de o candidato ter passado pela avaliação de múltipla escolha.

Redação

Na redação, o candidato é incentivado a escrever sobre um tema predeterminado, respeitando as orientações dadas e o limite de linhas estipulado. Dessa forma, é possível avaliar tanto o argumento do vestibulando, como a coerência e coesão de sua escrita.

Qual é a diferença entre o vestibular e o Enem?

Enquanto o vestibular é um processo seletivo para entrar em uma universidade, o Enem é uma prova que visa avaliar os três anos do Ensino Médio. Porém, com o passar do tempo, algumas universidades começaram a aceitar a nota desse exame como parte de sua seleção. Veja como isso funciona:

  • ingresso direto: algumas universidades passaram a aceitar a nota do Enem como substituta do vestibular – porém, essa aceitação varia de acordo com a instituição e o curso pretendido;
  • SiSU: adotado por mais de 130 universidades, o SiSU — Sistema de Seleção Unificada — seleciona os estudantes com os melhores resultados na prova para ocupar uma vaga na universidade pública;
  • ProUni: o Programa Universidade para Todos tem o objetivo de oferecer bolsas de estudos em universidades particulares para estudantes que obtiverem um bom desempenho no Enem e apresentarem baixa renda familiar;
  • Fies: o Fundo de Financiamento Estudantil, como o nome sugere, concede financiamento sem juros – ou com juros reduzidos – para estudantes que se encaixem na renda familiar estipulada e tenham o desempenho adequado no exame.

Como vimos, não é difícil alcançar o seu objetivo de cursar o Ensino Superior. Para isso, basta saber como funciona o vestibular, preparar-se para a prova e, caso seja útil para a instituição de ensino que você escolher, prestar o Enem.

Agora que você já sabe mais sobre o vestibular, aproveite para entender quais são as diferenças entre a graduação em uma universidade pública e em uma particular!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.