como-escolher-a-faculdade-certa

Como escolher a faculdade certa? Confira 4 indicadores importantes!

Você está planejando a sua entrada na graduação, mas não sabe como escolher a faculdade certa? É normal se sentir perdido às vezes. Afinal, decidir onde fazer seu curso superior é uma grande escolha.

Felizmente, existem alguns indicadores que podem ajudar na sua busca. No Brasil, as instituições de ensino superior são regulamentadas e fiscalizadas pelo Ministério da Educação (MEC). Assim, as avaliações feitas pelo órgão são úteis na hora de avaliar as universidades.

Além da nota do MEC, ainda existem outros cuidados que você precisa ter para basear sua escolha. Leia este post e confira as 4 dicas que separamos!

1. Índice Geral de Cursos (IGC)

O IGC é um dos componentes da avaliação feita pelo MEC nas universidades. Ele mostra o índice geral atribuído a uma instituição. Para isso, são adotados diversos critérios de avaliação das graduações e dos cursos de pós-graduação.

O cálculo é feito considerando as médias dos conceitos preliminares de cada curso e o número de matriculados neles — a nota varia de 1 a 5. Quanto mais próximo da nota máxima, melhor é a qualidade da instituição, segundo o MEC.

2. Conceito Preliminar de Curso (CPC)

O CPC também é uma nota que vai de 1 a 5. Ele se refere a cada curso específico da instituição, e não à universidade em si. Isso significa que você pode utilizar o IGC para avaliar o local de maneira geral, enquanto observa o CPC para saber sobre como escolher o curso.

Novamente, quanto maior a nota, mais qualidade está sendo oferecida naquela graduação. A depender do caso, é possível que a universidade tenha uma boa nota geral, mas apresente índices mais baixos em alguns cursos específicos. Então, vale a pena ficar atento.

O cálculo do CPC é feito considerando o Enade e outros critérios de avaliação — qualificação do corpo docente, infraestrutura etc. Logo, essa é mais uma informação útil para quem quer saber como escolher a instituição certa.

3. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

Uma estratégia eficaz para medir a qualidade de formação dos estudantes de um curso é aplicar uma prova diretamente a eles, certo? Essa é a ideia do Enade, que realiza uma avaliação com os alunos da graduação.

Como falamos, a nota do Enade é utilizada para compor o CPC de cada curso das instituições. Entretanto, você pode avaliar os dois indicadores para ter mais dados sobre a área de atuação que pretende seguir na sua vida profissional.

4. Outros indicadores

Além dos indicadores oficiais, existem outras formas usadas pelos estudantes para facilitar ainda mais a escolha da universidade. Afinal, sabemos o quanto esse período pode ser confuso, com dúvidas sobre seguir a sua vocação ou o mercado de trabalho.

Um grande exemplo é conferir avaliações de sites na internet. Você pode buscar por comentários de alunos e ex-alunos nas próprias páginas da instituição ou em sites específicos — como o Guia do Estudante.

Colocando em prática as dicas deste post, certamente você saberá como escolher a faculdade certa. Para tanto, não deixe de avaliar a nota do MEC e outros indicadores relevantes. E lembre-se: caso esteja difícil optar por um curso, vale a pena procurar o serviço de orientação vocacional!

Está à procura de uma instituição de alta qualidade para estudar? Conheça o site da Cruzeiro do Sul Educacional e veja nossos diferenciais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.