Por que você deveria começar sua faculdade agora?

Começar graduação na quarentena

Estamos vivendo o impensado. Com a chegada do novo coronavírus ao país e com o início da quarentena, muitas coisas precisaram ser repensadas, como o formato de atendimento nos hospitais, os serviços dos restaurantes e o modelo de educação em escolas e universidades. Mas sabe o que não mudou? A importância dos profissionais capacitados para o mercado de trabalho (e isso nunca irá mudar).

Independentemente do momento, estudar sempre será uma boa alternativa para quem não quer parar no tempo e criar diferenciais. Porém, a grande questão dos últimos dias é se vale a pena começar um uma faculdade em meio a tanto caos. E eu te digo: vale, e muito!

Conheça agora 4 motivos pelos quais você deveria começar um Graduação, mesmo durante a pandemia!

Motivo 1: um curso de nível superior abre muitas portas

Embora o mercado como um todo esteja passando por um período de recessão, basta entrar no LinkedIn para ver que as coisas não pararam por completo, porque vira e mexe passam pelo feed anúncios de recrutadores e empresas. E sabe o que eles estão procurando? Os melhores profissionais das áreas X, Y e Z para compor seu quadro de colaboradores.

Eles estão atrás de pessoas antenadas e com a bagagem técnica (e comportamental) ideal para superar qualquer crise. Então, por que não se preparar para ser essa pessoa? Aproveite a quarentena para investir em conhecimento!

Motivo 2: com uma Graduação, você tem mais chances de impressionar

A pandemia está aí e a crise também, mas uma coisa é certa: aqueles que não se sentem abalados com as imprevisões e seguem aprendendo sairão na frente no momento de retomada do mercado.

desconto-universidade-cruzeiro-do-sulPowered by Rock Convert

Na Universidade Positivo, por exemplo, existem inúmeros cursos da Educação à Distância que podem ser realizados de onde você estiver. Ou seja, o isolamento não é uma desculpa para ficar parado.

Motivo 3: em isolamento, você desenvolve ainda mais suas soft skills

Como a quarentena exige uma série de adaptações, principalmente no que diz respeito à rotina, fica bem mais fácil para aprender (mesmo que seja na marra) sobre produtividade, automotivação, foco e organização.

Ok, neste momento, seus dias não está assim tão “badalados”, mas provavelmente você organiza, nem que seja mentalmente, tudo o que precisa ser realizado dentro de um determinado prazo. Não é mesmo? Por exemplo:

  • Das 7h às 7h30: tomar banho;
  • Das 7h30 às 8h: tomar café;
  • Das 8h às 12: participar da aula on-line;
  • Das 12h às 13h: almoçar;
  • E assim vai, até umas 21h…

E para que nada disso passe batido e tudo seja corretamente executado, você colocou em prática suas habilidades, justamente aquelas que são as queridinhas do mercado de trabalho e extremamente procuradas nos profissionais durante as entrevistas de emprego.

Motivo 4: estudar ajuda a manter o cérebro em funcionamento

Seu cérebro não pode parar, e a melhor forma de mantê-lo saudável é utilizando-o. Segundo uma pesquisa publicada na revista especializada Neurology, os indivíduos que dedicam parte de sua vida para a aquisição de novos aprendizados, quando acometidos por doenças neurodegenerativas, costumam ter sintomas menos severos. Interessante, não?

E aí, depois de conhecer 4 bons motivos, o que você acha de começar a procurar o curso de seus sonhos? Se você ainda está na dúvida sobre esse início, faça o quiz abaixo e tire a prova real. Será que é hora de entrar na universidade?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Pra passar no vestibularPowered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0