causas-do-desemprego

As 5 principais causas do desemprego e como fugir delas

O medo de ficar desemprego é algo que preocupa tanto quem deseja começar uma carreira quanto quem já tem experiência no mercado de trabalho. Mas quais são as causas do desemprego? Por que os profissionais estão vulneráveis a perder seus trabalhos?

Não existe apenas um motivo ou contexto que causa o aumento de desemprego no país ou em determinados setores do mercado. Na verdade, a situação é bastante complexa e precisa ser avaliada com cuidado. Por isso, elencamos 5 causas para você conhecer e saber como fugir delas!

1. Crise econômica

Sem dúvida, a crise econômica é um dos principais motivos que levam as pessoas ao desemprego. Afinal, quando a economia não está bem, fica difícil para as empresas manterem seu funcionamento e pagarem os funcionários.

Com isso, muitas realizam demissões ou até mesmo fecham as portas diante de uma recessão. As crises econômicas podem ser setoriais, isto é, atingir mais fortemente uma área específica, ou gerais.

Além disso, as crises também podem acontecer na sua cidade, no Estado ou até mesmo no país inteiro. Não podemos esquecer, ainda, que crises internacionais podem ter efeitos fortes no Brasil.

A dica para fugir do desemprego nesses casos é avaliar o mercado e buscar qualificação em áreas estratégicas. Sendo assim, não deixe de sua atualizar, fazer cursos, participar de eventos e conhecer novas pessoas.

2. Crise política

Crises políticas também geram efeitos negativos relacionados ao desemprego. Isso porque, em geral, elas causam instabilidade na economia. Um exemplo é quando o receio pelas decisões políticas faz com que investidores deixem de injetar dinheiro no país.

Assim, a economia pode ficar mais difícil, e a crise no setor político acaba sendo uma das causas do desemprego. Para se prevenir e não ter que sair da empresa, vale a pena mostrar valor. A tendência é que não haja corte de emprego de bons profissionais, que fazem a diferença no local de trabalho.

3. Exigência de profissionais qualificados

O mercado de trabalho vem se tornando mais especializado e isso gera exigências diferentes. Se, há alguns anos, o diploma do Ensino Médio era requisito para a maioria das vagas e a graduação era um diferencial, hoje, isso mudou bastante.

Agora, para manter seu trabalho ou para conquistar um novo emprego é preciso se qualificar. Em momentos críticos, as empresas precisam manter uma visão estratégica. Ou seja, geralmente há maior corte em setores de menor qualificação.

Isso acontece porque normalmente os profissionais qualificados estão em cargos de gestão — que são essenciais para o funcionamento do negócio. Então, aproveite oportunidades para se qualificar e se tornar indispensável no seu trabalho.

4. Redução de custos

A redução de custos é uma das causas do desemprego, pois vem como um efeito dos demais motivos que citamos até aqui. Em outras palavras, os empreendedores veem a necessidade de reduzir custos em períodos de crise.

Além disso, pode haver a busca por diminuir os gastos da empresa para aumentar a margem de lucro. Em ambas as situações, a dica para fugir do desemprego é a mesma: ser um profissional estratégico.

5. Substituição de mão de obra

Por fim, a modernização da indústria leva a uma dificuldade conhecida por muitos profissionais — a substituição da mão de obra humana por máquinas. De fato, alguns programas de computador e equipamentos tecnológicos são vantajosos para as empresas.

Logo, o que os profissionais devem fazer para evitar a substituição é se manterem atualizados no mercado. Fique atento às mudanças na sua área de atuação, conheça as inovações e se prepare para lidar com elas.

Planejar a carreira de acordo com as novidades do mercado também é um ponto interessante para diminuir sua vulnerabilidade diante das causas do desemprego. Profissões ligadas à tecnologia estão em alta e podem ser boas opções. Além disso, abrir o próprio negócio é mais uma estratégia interessante para encontrar satisfação profissional.

Como você viu, buscar qualificação é uma necessidade nos dias de hoje. Quer investir nisso? Veja como superar os desafios e voltar a estudar!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.