Como funciona a carga horária de estágio? Confira!

carga horária de estágio
Powered by Rock Convert

Não é só de livros e teoria que se faz um bom profissional. Por isso, muitos cursos contam com o estágio obrigatório para que o estudante tenha contato com a prática da profissão.

Mesmo quando não é um requisito para a obtenção do diploma, a experiência do estágio é riquíssima e certamente merece estar entre suas prioridades ao longo da graduação.

Porém, muita gente tem dúvidas sobre a carga horária de estágio e se é possível conciliá-la com a rotina de estudos. Para que você entenda melhor sobre o assunto, preparamos este texto. Continue a leitura e confira!

Qual é a carga horária de estágio?

O estágio é necessariamente uma experiência de aprendizado. Assim, a carga horária deve possibilitar a vivência com rotinas práticas da profissão, ao mesmo tempo que não sobrecarrega demais o período letivo do estudante. Afinal, o estágio deve enriquecer a formação, não atrapalhar o desempenho acadêmico.

Assim, foi estabelecido pela Lei do Estágio (Lei nº 11.788/2008) que a carga horária nunca deve exceder 30 horas semanais. E olha só: como essa é uma disposição legal, as empresas sempre precisam segui-la, independentemente de o estágio ser obrigatório ou não no seu curso.

Powered by Rock Convert

O que diz a Lei do Estágio?

O estagiário não tem vínculo empregatício pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), por isso, não tem carteira assinada. Porém, é feito um contrato — que não pode exceder 2 anos — seguindo as determinações da Lei do Estágio. Algumas delas são:

  • a carga horária deve ser flexibilizada em vésperas de atividades avaliativas do estudante, como seminários e provas;
  • o estagiário não pode realizar hora extra, mesmo se for sua vontade;
  • o estudante pode fazer mais de um estágio ao mesmo tempo, desde que a soma total das horas dedicadas às atividades não ultrapasse a carga de 30 horas por semana;
  • o estagiário tem direito a 30 dias de férias, em contratos de 12 meses;
  • em casos de faltas e atrasos, a empresa pode realizar descontos da bolsa do estudante e até mesmo rescindir o contrato;
  • em geral, a distribuição da carga horária é acordada entre a empresa e o estudante, sempre respeitando os períodos de aula.

Outros aspectos, como o valor da bolsa, o pagamento de vale-transporte e a alimentação são acordados entre a empresa e o estudante.

Como conciliar estágio e estudos?

Apesar de deixar a rotina mais puxada, a importância do estágio é muito grande, por isso, vale a pena fazer um esforço para conciliar essa experiência com os estudos. Anote aí algumas dicas para dar conta de todos os seus afazeres:

  • tenha um planejamento de estudos com horários definidos para se dedicar a cada matéria;
  • não deixe o conteúdo acumular e faça as atividades e trabalhos com antecedência em relação aos prazos de entrega;
  • organize sua rotina com o auxílio de uma agenda, um software ou mesmo uma planilha, definindo horários para cada afazer e reservando o tempo necessário para o descanso;
  • tenha atenção à postura da empresa e, se for necessário, converse com o supervisor caso sinta que a demanda de afazeres seja muito desgastante ou não seja coerente à sua posição de aprendizado.

Como você viu, a carga horária de estágio é definida por lei e foi pensada para que essa experiência não sobrecarregue sua rotina de estudos. Com organização e planejamento, você poderá ter essa vivência, garantir uma formação mais completa e um diferencial competitivo no mercado de trabalho.

Aproveite e leia também nosso post com dicas sobre o que fazer depois da faculdade!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Powered by Rock Convert

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0