O que é bullying escolar e como lidar com ele? Veja!

bullying escolar

Falar sobre bullying escolar e as formas de combate a esse problema é muito importante. Esse é o nome dado ao comportamento de intimidação persistente, feito de uma pessoa a outra.

No ambiente escolar, esse tipo de opressão física e psicológica ocorre com mais frequência que o esperado entre os alunos, e é por esse motivo que é fundamental combatê-lo. Afinal, as consequências geradas tanto nas vítimas quanto nos praticantes são bastante prejudiciais à saúde mental.

Neste post, vamos mostrar algumas maneiras de identificar como o bullying costuma ocorrer nas escolas e quais são os impactos causados por esse problema. Acompanhe e saiba mais!

Como o bullying pode ocorrer em ambiente escolar?

Apelidos ofensivos, xingamentos, pressão social, perseguição, agressões físicas: todos esses são exemplos de práticas de bullying. Em algum momento, você já deve ter visto uma situação dessas ou, até mesmo, vivenciado na escola, não é mesmo?

O ambiente escolar, justamente por reunir pessoas de diferentes convívios sociais, acaba sendo um dos espaços em que esse problema ocorre com mais frequência. A principal preocupação são as consequências causadas por esse tipo de comportamento, que vão além do incômodo momentâneo, envolvendo dificuldades de relacionamento interpessoal, problemas de concentração, desmotivação no aprendizado e prejuízos ao bem-estar mental.

Como identificar um caso de bullying escolar?

Sempre que uma pessoa é vítima de bullying, é possível notar um incômodo com a situação. Afinal, nenhuma pessoa gosta de se sentir invalidada ou agredida, certo? Sendo assim, esse é um dos primeiros sinais que ajudam a identificar um caso desse tipo: quando brincadeiras que, por mais inofensivas que pareçam, não deixam todos os envolvidos confortáveis.

Algumas reações clássicas são o isolamento social, comportamentos impulsivos e, inclusive, o bullying voltado para outras vítimas. É por esse motivo que a atenção deve ser voltada tanto para quem recebe quanto para quem pratica bullying.

Quais são os perigos da prática?

Os perigos da prática são inúmeros, tendo em vista que ela afeta consideravelmente a autoestima de uma pessoa. Uma vítima de bullying, por exemplo, pode apresentar sinais de Síndrome do Impostor, problemas com a aparência, falta de confiança nas próprias habilidades e dificuldade para se relacionar com outras pessoas.

Em casos graves, o bullying também pode provocar respostas altamente agressivas. Quando o problema não recebe a devida atenção da escola, tanto as vítimas quanto os praticantes podem atingir níveis de violência que colocam em risco a integridade física e psicológica dos alunos.

Quais são os impactos do bullying?

Sendo assim, voltar a atenção para a problemática é fundamental para que se encontrem soluções práticas. Afinal, os impactos da intimidação podem ser graves e acompanhar as pessoas por vários anos.

A seguir, entenda mais sobre os efeitos negativos que o problema pode causar!

Para quem sofre

Para quem sofre bullying na escola, o ambiente fica mais negativo, o que pode influenciar os estudos. É comum encontrar vítimas que começam a ter mais dificuldade de aprender, faltam mais nas aulas para evitar situações desagradáveis e tentam se manter o mais distantes possível.

Somente esse impacto já pode prejudicar todo o futuro de uma pessoa. Isso porque a formação educacional é importante para diversos aspectos profissionais e pessoais.

No entanto, esse não é o único efeito negativo comum em quem sofre desse problema. As vítimas também costumam apresentar mais chances de desenvolverem transtornos psicológicos, como depressão, ansiedade e tendências suicidas.

Para quem pratica

Dificilmente uma pessoa praticará um comportamento intimidador se não tiver aprendido isso em algum lugar. Geralmente, esses alunos apresentam problemas de baixa autoestima e tentam projetar os sentimentos negativos, que podem ter surgido de situações vivenciadas em casa, na escola ou em outro ambiente. 

Além disso, quem pratica bullying tem consciência do problema reproduzido. Sendo assim, a culpa e a vergonha desse comportamento também podem acompanhar um indivíduo por anos, trazendo impactos negativos no psicológico da pessoa.

Como você viu, o bullying escolar é uma grande preocupação e deve receber mais atenção nas instituições de ensino. A conscientização sobre essa problemática e o apoio aos alunos são indispensáveis para desestimular esse comportamento e propiciar a boa convivência entre os estudantes.

Este post foi interessante para você? Então, continue acompanhando mais conteúdos assinando a nossa newsletter!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
0Shares
0 0