Biologia para o Enem: como fixar as matérias?

Conseguir uma vaga no vestibular é o objetivo de um grande número de jovens. Assim, para alcançar o ensino superior, é necessário disciplina, empenho e organização. Nesses estudos, a biologia para o Enem é uma das matérias mais exigidas na prova!

Por isso, é essencial entender que algumas técnicas facilitam o aprendizado e oferecem um grande diferencial para o estudante principalmente aquele que deseja as vagas mais concorridas.

Ficou curioso? Continue a leitura e descubra algumas dicas sobre como fixar os conteúdos de biologia para o Enem. Acompanhe!

Qual é a importância da biologia?

A matéria tem como objetivo estudar a vida e abrange as complexas interações entre os seres humanos e o meio ambiente. Em certas faculdades, a nota de biologia pode chegar a valer ainda mais pontos para o estudante.

Para quem pretende cursar a área das exatas, por exemplo, é essencial obter um resultado satisfatório e alcançar uma boa nota nessa disciplina. Ainda mais se a intenção for a de concorrer para cursos na área da saúde o que a torna muito relevante.

Mesmo parecendo difícil, o aprendizado pode ser leve e despertar grande interesse no estudante. Realizar um planejamento com os temas mais frequentes ajuda a criar um cronograma até o dia do exame, além de mantê-lo mais seguro e confiante!

Como estudar biologia para o Enem?

Por ser uma área de conhecimento com uma série de saberes, muitas vezes os estudantes recorrem a alguns macetes para facilitar o aprendizado. E não é para menos: a grande quantidade de conteúdo da disciplina muitas vezes chega a assustar.

Mas não precisa se desesperar! Com algumas práticas é possível se preparar e obter a nota de destaque na matéria. Confira:

Crie um planejamento

Como tudo na vida, os estudos também pedem um bom planejamento, por isso é importante desenvolver disciplina e seguir um cronograma. O excesso de conteúdo intimida, portanto, estipule prazos e cumpra-os rigorosamente.

De nada adianta apenas passar o olho sobre alguns temas, é necessário também separar um tempo para revisá-los e refletir sobre o que foi estudado. Busque classificar os conteúdos em períodos de estudo, por exemplo, em meses ou bimestres.

Dedique-se com empenho à programação e tenha a responsabilidade de não deixar passar nenhum assunto relevante. É comum que alguns estudantes desistam de certos temas, às vezes por deixarem acumular ou, até mesmo, por não sentirem grande interesse em alguns tópicos específicos.

Faça um estudo cíclico

Como já citamos, a biologia realiza um estudo amplo e categórico sobre a vida e sua relação com o meio ambiente. Dessa maneira, a interdisciplinaridade deve ser considerada, a fim de ampliar ainda mais o conhecimento do estudante sobre a matéria.

Por exemplo, ao analisar o desenvolvimento de alguma espécie animal em um ponto específico do planeta, perceba que a geografia se relaciona com os aspectos biológicos daquele local. Portanto, entenda os diversos conhecimentos impactando positivamente no seu estudo da disciplina.

Revise o conteúdo

Para que a matéria seja realmente apreendida, o estudante deve também se planejar para repassar as informações já vistas. Isso inclui reler as anotações, criar resumos mais detalhados e destacar os dados mais relevantes.

Uma boa técnica é desenvolver o costume de assistir às aulas e tomar notas simultâneas sobre os conceitos e temas mais discutidos. A vantagem desse método é que, se pintarem dúvidas, você terá tempo de correr atrás de algo mal compreendido.

Caso ache necessário, busque um reforço para fixar os conteúdos e também para ajudar a assimilar os conceitos de difícil compreensão. Nessa disciplina, é normal que ocorra confusões e diversas dúvidas relacionadas com a nomenclatura de algumas palavras.

Atente às pegadinhas

É comum que o Enem e outros exames de vestibular preparem várias pegadinhas para estudantes desatenciosos. Mas, prestando bastante atenção na formulação da questão, é fácil detectar erros em conceitos muito generalistas que enganam, até mesmo, os professores da matéria.

Se tratando de biologia, e por sua infinidade de nomes diferenciados, é normal se confundir. Por isso, vá aos poucos eliminando as alternativas que julgar erradas e releia a prova quantas vezes for necessário.

Quanto mais se pratica, resolvendo as questões, o exame parecerá mais simples e as chances de acertos aumentarão.

Resolva provas antigas

Esse é um dos macetes mais importantes para se familiarizar com a formulação de qualquer prova. Separe algumas edições dos anos anteriores e resolva as questões a fim de investigar os assuntos que mais caem.

Com o conteúdo das provas em mãos, investigue os temas bastante frequentes e entenda, também, como é a estrutura do exame. Para isso, atente a todos os detalhes e não deixe de considerar um estudo mais reforçado e focado, ok?

Quais são os temas mais comuns?

Contando com uma ampla diversidade de temas, a biologia abrange muitas áreas de conhecimento do reino vegetal, animal e dos aspectos humanos. Portanto, é necessário realizar um estudo prévio e entender os principais conceitos.

Para iniciar, comece analisando as principais características do meio ambiente, como a origem da vida, a ecologia, as dinâmicas e interações de cada ser vivo etc.

Depois, organize a categoria dos seres vivos, como as células e os vírus, e vá classificando-os de forma a facilitar o estudo. Questões de genética são comuns, assim como os aspectos que relacionam o processo da fotossíntese com a respiração.

A botânica e a zoologia são temas também regularmente cobrados, e o estudante pode observar os processos de plantas e animais com maior assimilação. É sempre bastante interessante dispor de exemplos concretos e reais de como um ser vivo se relaciona com o meio, não é mesmo?

Se preparar para o ensino superior exige comprometimento e muita força de vontade. E com nossas dicas sobre biologia para o Enem, certamente você se sentirá muito mais apto para encarar o exame e desenvolver a confiança de que está dando o seu melhor. Com paciência e dedicação, é possível chegar a qualquer lugar!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *