6 tipos de engenharias para quem ama a área de exatas

A área das Ciências Exatas oferece um leque amplo de cursos para quem tem afinidade com números e quer trabalhar com eles. Uma evidência disso são os diversos tipos de Engenharia disponíveis no mercado.

Escolher um tipo, no entanto, pode ser um pouco complicado. São muitas opções, cada uma voltada para um campo do conhecimento, e o estudante precisa refletir com cuidado para descobrir com qual delas mais se identifica.

Por isso, continue acompanhando este artigo! Aqui, você vai conhecer 6 tipos de Engenharia, além de entender por que vale a pena optar por um desses cursos. Confira!

Por que estudar Engenharia?

Um ponto muito importante a se levar em conta na hora de selecionar um curso superior é o que essa formação pode oferecer no mercado de trabalho. No caso das Engenharias, a resposta para essa questão não poderia ser mais satisfatória.

Os engenheiros então entre os profissionais mais procurados do mercado, mesmo em tempos de crise econômica. Afinal, a sociedade continua precisando de pessoal com conhecimento técnico e científico para resolver os mais variados problemas de infraestrutura, produtividade, tecnologia, entre muitos outros.

Além disso, a categoria conta com um piso salarial instituído por lei — pelo menos 5 ou 6 vezes o valor do salário mínimo, a depender de alguns critérios, como a duração da jornada de trabalho. Assim, a Engenharia pode ser considerada uma das profissões mais prestigiadas e bem remuneradas do mercado.

Quais são os principais tipos de Engenharia?

Agora que você já percebeu que estudar Engenharia realmente garante muitas oportunidades, além de reconhecimento no mercado de trabalho, conheça 6 dos principais cursos de Engenharia existentes.

1. Engenharia Ambiental

Esse é um curso que dialoga com os outros tipos de Engenharia, com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável na nossa sociedade. Desse modo, o engenheiro ambiental é um profissional que atua na recuperação de áreas degradadas e na avaliação de impactos ambientais, ou, ainda, prestando consultoria para empresas privadas do setor industrial e comercial.

A graduação em Engenharia Ambiental tem como base as mesmas disciplinas das outras Engenharias — Geometria Analítica, Desenho Técnico, Cálculo Diferencial e Integral, Física Geral, Topografia, entre outras. Os conteúdos específicos, porém, incluem os seguintes assuntos:

  • Avaliação de Impacto Ambiental;
  • Certificações e Auditoria Ambiental;
  • Direito Ambiental;
  • Gestão Ambiental e Responsabilidade Social;
  • Gestão de Áreas Degradadas;
  • Gestão de Projetos Ambientais;
  • Gestão de Resíduos;
  • Licenciamento Ambiental;
  • Poluição e Monitoramento Ambiental;
  • Saúde e Meio Ambiente.

2. Engenharia Civil

A Engenharia Civil é, certamente, uma das mais conhecidas. O profissional dessa área tem várias possibilidades de atuação, como a elaboração de projetos e gerenciamento de obras da construção civil, orçamento e planejamento, cálculo de estruturas, obras de infraestrutura, saneamento e fiscalização de obras. É possível encontrar ocupação tanto no setor privado quanto no público, ou também como autônomo.

No curso de Engenharia Civil, são estudados conteúdos a todas as etapas de uma obra de construção civil, desde a sua idealização, considerando sua viabilidade, até a conclusão. Entre as disciplinas, encontram-se:

  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;
  • Eletricidade e Instalações Elétricas;
  • Estrutura de Concreto Armado;
  • Estruturas de Fundações;
  • Gerenciamento da Construção Civil;
  • Hidráulica;
  • Materiais de Construção Civil;
  • Mecânica dos Solos;
  • Resistências dos Materiais;
  • Tecnologia da Construção Civil;
  • Teoria das Estruturas.

3. Engenharia de Produção

O engenheiro de produção é um profissional bastante requisitado no setor industrial, pois é o responsável por projetar, implantar e otimizar os sistemas de produção. Para isso, ele alia os conhecimentos de Engenharia aos de Administração e Economia, e pode atuar nas áreas de logística, operações, custos, finanças, cadeia de suprimentos, entre outras.

Além do setor industrial, o profissional formado em Engenharia de Produção também é necessário em empresas de construção civil, tecnologia, transportes e, ainda, no setor de serviços. Em vista disso, a grade curricular inclui as seguintes disciplinas:

  • Automação da Manufatura;
  • Custos Industriais;
  • Engenharia de Métodos e Processos;
  • Engenharia e Desenvolvimento de Produto;
  • Engenharia Econômica;
  • Gestão da Qualidade;
  • Gestão de Suprimentos;
  • Pesquisa Operacional;
  • Planejamento e Controle da Produção;
  • Processos de Fabricação;
  • Teorias das Organizações.

4. Engenharia Elétrica

O engenheiro eletricista é fundamental para que a energia elétrica chegue a todos os lugares. Nesse sentido, suas atribuições são diversas: projetar, instalar e fazer manutenção de equipamentos eletrônicos, e criar sistemas de medição, iluminação e proteção contra descargas elétricas servem como exemplos.

O profissional encontra oportunidades em concessionárias de energia, indústrias, empresas de telecomunicação e muitas outras. A seguir, veja alguns dos conteúdos do curso de Engenharia Elétrica:

  • Acionamentos Eletroeletrônicos;
  • Análise de Circuitos Elétricos e Eletrônicos;
  • Análise de Sistemas de Potência;
  • Eletricidade;
  • Eletrônica Geral;
  • Instalações Elétricas;
  • Instalações Industriais;
  • Materiais Eletroeletrônicos;
  • Princípios das Telecomunicações;
  • Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica;
  • Transformadores e Máquinas Elétricas.

5. Engenharia Mecânica

Você sabe quem é que desenvolve os equipamentos, máquinas e ferramentas utilizados nas indústrias? Esse é o engenheiro mecânico, um profissional que atua nos setores siderúrgico, metalúrgico, alimentício, aeronáutico e aeroespacial, em usinas hidrelétricas e na fabricação de equipamentos biomédicos, entre outras áreas.

Os conteúdos curriculares do curso de Engenharia Mecânica incluem:

  • Dinâmica de Sistemas de Vibração;
  • Elementos de Máquina;
  • Máquinas de Elevação e Transportes;
  • Materiais de Construção Mecânica;
  • Mecânica Aplicada;
  • Projeto de Máquinas;
  • Projeto e Fabricação Assistidos por Computador;
  • Sistemas Automotivos;
  • Sistemas Térmicos;
  • Sistemas Fluido Mecânico;
  • Transferência de Calor.

6. Engenharia Mecatrônica

Esse é um dos tipos de Engenharia mais modernos. Conciliando conhecimentos de computação, mecânica e eletrônica, a Engenharia Mecatrônica é voltada para o uso das novas tecnologias no desenvolvimento de equipamentos para automatização de processos. É uma área relacionada à robótica e às inteligências artificiais, e emprega muitos profissionais no setor industrial.

Assim, o curso apresenta uma estrutura curricular alinhada com o que há de mais moderno na Engenharia, como é possível observar:

  • Automação Predial e Industrial;
  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;
  • Controladores Lógicos Programáveis;
  • Desenho Industrial Assistido por Computador;
  • Eletrônica Analógica e Digital;
  • Mecânica de Precisão;
  • Microcontroladores;
  • Programação e Desenho Técnico;
  • Redes Industriais;
  • Robótica Microprocessada;
  • Sensores.

Depois de conhecer um pouco desses 6 tipos de Engenharia que apresentamos, não é difícil concluir que a área é bastante diversificada e promissora. A cada dia que passa, novas técnicas e procedimentos são desenvolvidos em todos os setores e a Engenharia acompanha cada mudança. Desse modo, o profissional que opta por essa graduação encontra uma gama de oportunidades no mercado de trabalho.

Quer saber mais sobre os tipos de Engenharia? Entre em contato com a Cruzeiro do Sul Educacional e conheça os nossos cursos de Engenharia!

Você pode gostar também de...

3 respostas

  1. Eliseu disse:

    Adorei!, tinha umas que nem conhcia ainda…
    Obrigado por compartilhar!

  1. 16 de julho de 2019

    […] Quer saber mais sobre as áreas de Engenharia? Então, dê uma olhada nesse conteúdo que preparamos para você no Blog Carreiras. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *