Conheça 4 alternativas para pagar a faculdade com mais tranquilidade

conheca-4-alternativas-para-pagar-a-faculdade-com-mais-tranquilidade.jpeg

Muita gente acaba desistindo do curso superior por não ter condições de pagar a faculdade. Na verdade, hoje em dia existe uma série de formas de pagar pelos estudos. Tudo é mais fácil do que você possa imaginar!

Há formas de financiamento que podem ser contratadas para o aluno que não tem condições de pagar o valor da mensalidade integralmente e até mesmo bolsas integrais para estudantes com determinada condição financeira.

Quer saber mais? Acompanhe este texto e conheça 4 alternativas para fazer a faculdade de acordo com o seu bolso. Confira!

1. Bolsas institucionais parciais ou integrais

Uma ótima solução para você seu orçamento durante o curso está bem próxima de você: as bolsas oferecidas pela própria faculdade. Algumas têm condições bastante especiais para seus alunos.

Por exemplo, em algumas delas é possível conquistar bolsa integral para todo o curso caso atinja determinada quantidade de pontos na Prova Tradicional do vestibular, e algumas ainda tem vantagens para quem fez o Enem 2016. Fique de olho em outras oportunidades e critérios para conquistar uma bolsa.

2. Financiamento estudantil privado

Esse tipo de financiamento é solicitado diretamente nos bancos. Uma vantagem é que as taxas de juros são bem menores em relação aos outros tipos de crédito, tal como o cheque especial e os empréstimos bancários tradicionais. Além disso, a data para pagar a dívida pode ser negociada.

Outro detalhe é que em muitos planos de financiamento estudantil privado é obrigatório pagar ao banco um determinado valor logo no primeiro mês de contrato. A dica é financiar o mínimo possível no menor prazo, para que a dívida não seja muito grande e que caiba no seu bolso.

3. ProUni

Quer ganhar bolsas de estudos de 50% ou 100% em faculdades particulares? Então, você deveria ficar de olho no Programa Universidade para Todos (ProUni).

A bolsa integral (100%) é destinada a estudantes com renda per capita de até um salário mínimo e meio. Já a bolsa parcial de 50% é para aqueles com renda per capita de até três salários mínimos. Neste caso, os estudantes podem financiar a outra parte da mensalidade por meio do FIES.

Para se inscrever, o estudante deve ter feito o Enem 2016, ter conseguido no mínimo 450 pontos na média das provas e atender a outros critérios. Além disso, para não perder a bolsa, o aluno deve ser aprovado em, no mínimo, 75% das disciplinas cursadas em cada período de aulas.

4. FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior (FIES) é gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC). O governo paga parte das mensalidades do seu curso de graduação em uma faculdade credenciada e, somente depois de formado, você reembolsa o valor devido.

A vantagem desse tipo de financiamento é a baixa taxa de juros. Ela é fixada em 6,5% ao ano para todos os cursos. Esse valor é bem inferior ao que os bancos costumam cobrar. Além disso, as faculdades credenciadas são obrigadas a dar, pelo menos, 5% de desconto no valor da mensalidade para estudantes do FIES.

Para conseguir o financiamento, o estudante precisa ter feito o Enem 2016 e estar matriculado em uma instituição particular cadastrada. Ainda é necessário comprovar renda per capita familiar menor que 2,5 salários mínimos.

Estas foram algumas opções para você pagar a faculdade. Se você escolheu fazer um financiamento no banco, procure pesquisar valores em várias instituições financeiras. Cada banco oferece pacotes e taxas de juros diferentes. Defina o melhor para o seu orçamento, combinado?

Ficou com vontade de começar os seus estudos? Então, entre em contato conosco e conheça ótimas opções de curso e financiamento!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *