Entenda o poder do aperto de mão na entrevista de emprego

Entenda_o_poder_do_aperto_de_mão_na_entrevista_de_emprego.jpg.jpeg

A mão estendida é um gesto que data dos primeiros capítulos da história da humanidade e, desde os primórdios, simboliza boas intenções. Milênios atrás, quando tribos nômades caminhavam pela Terra, o aperto de mão era uma garantia de que todos estavam desarmados.

Atualmente, o gesto pouco tem a ver com porte de armas, mas é uma excelente maneira de desarmar a desconfiança que precede o primeiro contato. Além de dizer muito sobre a pessoa, é claro.

Para uma entrevista de emprego, então, o aperto é bastante revelador — tanto para o candidato quanto para o entrevistador —, e pode até ditar o rumo da conversa. Conheça, a seguir, o poder que tem um aperto de mão e evite passar sinais errados!

A ciência por trás do aperto de mão

Para embasar melhor o que se diz popularmente, estudos científicos apontaram que o aperto de mão tem significativa responsabilidade na forma como a pessoa vai lidar com você, pois a partir desse singelo gesto social cria-se um perfil do interlocutor.

O resultado do estudo foi divulgado no Journal of Cognitive Neuroscience e aponta os efeitos positivos e negativos da interação. Apertos filmes e amigáveis têm o poder de transmitir sentimentos positivos, na mesma proporção que um aperto de mão frouxo e rápido pode dar a impressão errada para a pessoa cumprimentada.

Os tipos de aperto de mão a serem evitados

Em uma entrevista de emprego, recrutadores buscam diversas características nos seus candidatos. Eles compartilham, no entanto, a procura por um aperto cheio de significados. Assim, deve-se evitar os seguintes tipos de aperto de mão:

  • Apertos de mão fracos e moles dão a sensação de que a pessoa não está disposta sequer a cumprimentar, quem dirá entusiasmo para agarrar a oportunidade profissional;
  • Apertos fortes demais também podem ser evitados e dão a impressão de que a pessoa é controladora;
  • Há quem estenda pouco a mão, transformando o gesto em um verdadeiro “aperto de dedos”, o que inspira questões sobre o apressadinho que deseja encerrar logo o contato;
  • Sacudir as mãos após o contato é uma boa ideia, mas não deve ser algo excessivo, ou o aperto fica muito caricato;
  • Apertos de mãos demorados também podem ser evitados, já que o gesto deve ser natural, e não cronometrado;
  • Apertos curtos, por sua vez, podem dar a impressão de que o candidato está com pressa, algo a se evitar em uma entrevista de emprego.

Lembre-se de prevenir o contato se estiver com as mãos muito suadas. Seque-as, pois a transpiração pode passar a ideia de que você está apavorado com a entrevista.

Dicas para saudar corretamente o entrevistador

Para impressionar na entrevista de emprego, cumprimente o entrevistador mantendo contato visual. De preferência, em pé. Apertar as mãos enquanto estiver sentado não é respeitoso.

É comum o aperto com a mão direita. Deixe-a livre ao conhecer alguém, para que o aperto seja fluído e natural. Além disso, a firmeza no contato é essencial, mas sem força. A ideia é transmitir confiança, e não agressividade.

Com isso, o candidato já poderá demonstrar muitas de suas qualidades para o entrevistador somente num aperto de mão. Pequenos gestos dizem muito sobre a pessoa que você é e deseja mostrar aos outros.

Gostou das nossas dicas? Então pratique o aperto de mão e compartilhe conosco as suas experiências com os entrevistadores!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *