Como fazer um bom networking profissional e como isso afeta sua carreira?

Aquele colega tímido dos primeiros períodos da faculdade que ninguém dava atenção pode ser o seu futuro chefe, já pensou nisso? Desenvolver e manter uma rede de contatos com indivíduos de uma mesma área de atuação ou de interesses em comum é uma das premissas para a construção de uma carreira profissional de sucesso. E isso se chama fazer um bom networking profissional.

Saiba como um networking pode alavancar sua carreira e por que você deve começar sua rede de contatos ainda na faculdade, com os colegas tímidos e até professores menos carismáticos.

Planeje seu networking profissional

Planejar sua rede de contatos não significa somente escolher com que vai estabelecer contatos profissionais. Para planejar seu networking é preciso também conhecer suas limitações para manter relacionamentos, estipular metas para a melhoria contínua e uma rotina para mantê-lo ativo.

Tímidos devem se esforçar para estabelecer mais contatos e os mais extrovertidos devem focar na diversificação de contatos e suas relevâncias, por exemplo.

Todo contato é válido, até mesmo os professores que já atuaram ou ainda atuam no mercado de trabalho e podem ser fontes de conhecimentos e oportunidades.

Capriche na primeira impressão

A sua capacidade profissional pode ser grande, mas fazer uma descrição detalhada de sua performance e potencial no primeiro contato pode ser um verdadeiro fracasso.

Por isso, analise a situação e aja de forma relevante, sendo interessante e ousado o suficiente para ser lembrado de forma positiva, e não como um exibicionista desesperado para mostrar que pode fazer a diferença. Lembre-se: equilíbrio e sutileza são fundamentais.

Não enxergue o networking como uma via de mão única

Não seja egocêntrico pensando que sua rede de contatos deve ser construída exclusivamente para lhe proporcionar oportunidades profissionais e relacionamentos estratégicos.

Ela deve ser vantajosa para todos que estão nela, e você deve se esforçar para que isso aconteça — seja agregando conhecimento ou intermediando novas conexões.

Fique atento às necessidades dos seus contatos, ser contratado em um ano de crise pode ser uma tarefa difícil, mas se você puder unir duas pontas da sua rede através de uma indicação, ganhará muitos pontos com quem está contratando e com que está procurando a oportunidade.

Valorize as redes sociais e os contatos presenciais

As redes sociais especializadas em carreira e as de relacionamento pessoal são ferramentas muito eficazes para manter um networking ativo e ainda demonstrar seu perfil pessoal. Compartilhe artigos de conteúdo verdadeiramente relevante, além de ler e interagir com o conteúdo que seus colegas do círculo profissional publicam.

E não se esqueça dos contatos presenciais. Participe ativamente de reuniões, palestras e cursos do seu setor. Aos poucos você se tornará uma referência e, em vez de procurar por pessoas interessantes para fazer parte do seu networking, você será procurado.

O networking profissional pode surgir acidentalmente através das relações de trabalho e com amigos da faculdade ou de forma estratégica, buscando os profissionais de referência no mercado e em que você se inspira e acredita que possa render uma parceria de sucesso. Independentemente de qual seja, invista nele durante toda sua carreira. Ele pode ajudar a conseguir seu primeiro estágio ou aquela promoção dos sonhos, pois permitirá que você apresente seu trabalho para a pessoa certa e no momento certo.

Aproveite para conhecer as 10 profissões com futuro promissor e comece a planejar seu networking dentro delas!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *