Tire suas dúvidas: como definir a pretensão salarial?

Quanto você vale como profissional? Saber responder a essa pergunta é essencial para quem busca definir a pretensão salarial mais adequada, pois uma resposta errada pode acabar eliminando as chances de um candidato em uma oportunidade de emprego.

Quer saber como fazer para encontrar um valor que satisfaça às suas expectativas e esteja de acordo com o que é praticado no mercado? Então veja as nossas dicas e tire suas dúvidas sobre como definir a pretensão salarial.

Pesquise o mercado

Estar atento ao mercado é essencial para se ter uma noção da remuneração praticada para cada cargo. Dessa forma, será possível estabelecer uma pretensão salarial compatível com o valor médio.

Busque informações em sites de consultoria em Recursos Humanos ou converse com outros profissionais, pois é importante estar próximo da realidade e não pedir nem muito acima e nem muito abaixo do que geralmente é praticado pelas empresas.

Valores muito baixos podem passar a ideia de um profissional desconectado, que não sabe se valorizar ou que está pouco preparado e qualificado para assumir um posto de trabalho. Portanto, não se desvalorize.

Por outro lado, valores muito altos podem afastar os contratantes e, mesmo que você tenha o perfil da vaga, pode acabar sendo preterido por outro candidato que caiba dentro do orçamento da empresa.

Conheça suas competências

Fica mais fácil definir uma pretensão salarial se você souber do que é capaz e o que sua contratação pode agregar para a empresa, já que a remuneração deve estar de acordo com as aptidões e capacidades produtivas.

Assim, quanto mais competências e habilidades um profissional possuir, melhores serão seus argumentos ao pleitear uma pretensão salarial mais elevada.

Já um candidato que não se conhece ou que não tem uma estratégia de carreira bem definida encontrará dificuldades para estabelecer um plano de valores que seja compatível com seu perfil profissional.

Seja flexível

A pretensão salarial não deve ser fixa. O ideal é que ela seja modificada de acordo com o perfil da empresa, do cargo pretendido e das atividades a serem desenvolvidas.

Também deve ser levado em conta o grau de interesse do profissional em determinada vaga, pois em algumas ocasiões vale a pena abrir mão de um salário mais alto se considerar que a oportunidade é importante para sua carreira.

Além disso, algumas empresas oferecem benefícios e perspectivas de crescimento que podem até acabar compensando um eventual rendimento mais baixo.

O fato de o profissional estar desempregado também pode influenciar na pretensão salarial. Nesse caso, é comum e razoável reduzir o valor pretendido para a remuneração com o objetivo de alcançar a reinserção no mercado de trabalho.

Candidatos que já possuem emprego devem utilizar o salário atual como ponto de partida e podem até pedir um pouco mais.

Tenha em mente um valor mínimo aceitável, como se fosse um piso, e busque oportunidades com remuneração um pouco acima, pois caso você precise negociar com o contratante, haverá margem para concessões.

Para definir a pretensão salarial é necessário ser realista e encontrar um meio termo entre as suas expectativas e necessidades e os valores praticados pelo mercado. É importante também saber negociar e ser flexível para se adaptar às oportunidades e ao seu momento profissional.

Conhece alguma outra dica para ajudar a definir a pretensão salarial? Compartilhe conosco nos comentários!

Você pode gostar também de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *